#EuCurto Diário da Amazônia
Capital

Acesso ao Conjunto Cristal da Calama será pela rua Goianésia

O acesso será utilizado enquanto não forem asfaltados os 3,5 quilômetros da avenida Calama, que será o acesso principal ao residencial.

Por Assessoria
A- A+

Publicado: 12/10/2017 às 06h10min

O secretário Chrisóstomo Moura, da Infraestrutura, Urbanismo e Serviços Básicos (Semisb) e o subsecretário Tiago Beber, de Obras e Pavimentação (Suop), acompanharam na manhã de terça-feira (10), o início do trabalho que está sendo feito na rua Goianésia, na zona Leste, que provisoriamente será utilizada como acesso ao conjunto residencial Cristal da Calama. Na via está sendo feito terraplanagem e drenagem em uma extensão de 1,5 quilômetro no trecho que vai da avenida Amazonas até a avenida Calama.

O acesso será utilizado enquanto não forem asfaltados os 3,5 quilômetros da avenida Calama, que será o acesso principal ao residencial. Para a obra na Calama já estão disponibilizados R$ 2 milhões em emendas do deputado federal Lindomar Garçon.

“Essa é uma saída alternativa encontrada pelo prefeito Hildon Chaves, enquanto não é feito o serviço na Calama. E foi uma saída dialogada que atenderá momentaneamente às famílias que residirão no Cristal da Calama e beneficiará milhares de famílias de moradores do conjunto residencial. Por isso a prefeitura tem urgência em concluir o serviço”, afirmou o secretário Crisóstomo.

Essa urgência é porque, de acordo com o subsecretário Tiago Beber, a Caixa Econômica condicionou a entrega das unidades habitacionais, à abertura de um acesso ao conjunto residencial.



Escreva um comentário