Rede TV! Rondônia Nas mídias socias agora é só curtir seguir e assitir!
#EuCurto RedetvRO

Carlos Sperança

coluna

Publicado: 20/04/2017 às 06h20min

A- A+

Bioceânica em debate

O Senado voltou a debater durante a semana o relatório final de viabilidade técnica e econômica da Ferrovia Bioceânica na Comissão de..

O Senado voltou a debater durante a semana o relatório final de viabilidade técnica e econômica da Ferrovia Bioceânica na Comissão de Serviços de Infraestrutura. Além de integrar a região Norte da América do Sul, a ferrovia poderá criar um dos principais corredores de exportação para a Ásia.

Conforme o planejamento em andamento, o trecho brasileiro começa em Campinorte (Goiás) e cruza todas as extensões territoriais dos Estados do Mato Grosso, Rondônia e Acre, antes de chegar na fronteira peruana, onde existem obstáculos a ser vencidos na cordilheira dos Andes.

Conforme os estudos, o investimento estimado na parte brasileira é de R$ 40 bilhões, e deve receber financiamento da China. A previsão é que quando seus 5.000 quilômetros forem concluídos a Bioceânica possa ecoar 23 milhões de toneladas de grãos e minérios.

A ferrovia será uma das pautas da audiência pública do Senado, solicitada pelo senador Acir Gurgacz (PDT-RO) em Porto Velho na próxima semana.

Danos ambientais

Porto Velho padece com danos ambientais graves com os loteamentos clandestinos formados às margens da Rodovia 319. A fiscalização da prefeitura e do Ministério Público Ambiental precisa agir com mais firmeza contra a especulação imobiliária do outro lado da ponte, já que os compradores de terrenos incautos não receberão infra-estrutura, tornando a região mais um problema social.

Forte imigração

Como no vizinho estado do Acre, que viveu o apogeu da imigração haitiana nos últimos anos e que contou com pouco respaldo do Governo Federal, o estado de Roraima com menos estrutura que os acrianos vê o desembarque de imigrantes venezuelanos quintuplicar nos últimos meses. Sem poder atender a todo mundo, os imigrantes estão seguindo para Manaus, Porto Velho e Sul maravilha.

Lava a jato

A participação dos políticos rondonienses na Operação Lava Jato, passada a perplexidade inicial, com tantos milhões desviados das compensações das usinas de Jirau e Santo Antônio, virou motivo de piadas. Tudo por causa dos apelidos atribuídos aos corruptos rondonienses que se faziam de santinhos, enquanto enchiam os bolsos com propinas. Que corja de pilantras!

Nos bastidores

São consideradas certas as desincompatibilizações do prefeito de Ji-Paraná Jesualdo Pires (PSB) e do governador Confúcio Moura (PMDB) para disputar as duas vagas ao Senado nas eleições de 2018. Na capital da BR assume o cargo o empresário Marcito Pinto (PDT) e no lugar de Confúcio o vice Daniel Pereira (PSB). Lembrando que PSB e PDT devem pular cirandinha nas eleições do ano que vem.

Os preparativos

Unido, o PMDB prepara com toda pompa e circunstância o lançamento da pré-candidatura do deputado Maurão de Carvalho, atual presidente da Assembleia Legislativa, ao governo do Estado na eleição do ano que vem. Nome de ponta do partido, Maurão já percorre o Estado em busca de apoio e já busca formatar as alianças para a peleja.

Via Direta

*** O PT de Rondônia discute em maio as diretrizes do partido para 2018 *** Mais sujo do que poleiro, o secretário de Saúde Pimentel recebeu homenagem na ALE *** A população está indignada com a sabotagem dele contra o Hospital de Câncer da Amazônia *** Em Rondônia acontece de tudo. Aqui boi voa alto *** Começa meu recesso, mas dentro de alguns dias estarei de volta neste mesmo espaço e neste mesmo jornal desde 1993.


Escreva um comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas