porto velho - ro, 17 Julho 2018 15:37:40

Silvio Santos

coluna

Publicado: 05/06/2018 às 17h37min

A- A+

Lenha na Fogueira

Olha só o que a turma da cultura conseguiu: ******** Os Excelentíssimos Senhores Deputado Maurão de Carvalho – Presidente e Deputado..

Olha só o que a turma da cultura conseguiu:

********

Os Excelentíssimos Senhores Deputado Maurão de Carvalho – Presidente e Deputado Léo Moraes – Proponente, convidam para Audiência Pública, objetivando debater sobre a Implementação da Lei Estadual 2.745/2012 e Emenda Constitucional 103/2015 que cria “Sistema Estadual de Cultura” e “Estabelece Percentual de Repasse para o Fundo Estadual”. Data: 14 de junho de 2018 (quinta feira); Horário: 15 horas; Local: Plenário da Assembleia Legislativa.

*********

Ainda ontem dia 05, os cabeças dessa Audiência Pública Músico Rômulo (Banda Versalhes) e Rodrigo (presidente da Funcer), reuniram com o Chicão Santos, dirigentes da Federon, Gerente de Cultura da Sejucel Vavá entre outros ativistas culturais, no auditório da Governadoria e deliberaram sobre o assunto a ser tratado na audiência Pública do dia 14.

*********

Isso mostra que alguns do segmento cultural, estão ativos. Rondônia foi dos primeiros estados a aderir ao Sistema de Cultura Nacional. O primeiro estado a aprovar a Lei criando o Conselho e o Fundo de Cultura.

*********

Acontece que essas Leis, não saíram do papel, apesar de serem sancionadas pelo governo estadual. Meu amigo Chicão Santos responsável pela implantação do Sistema, do Fundo e do Conselho de Cultura estadual, não consegue reunir o Conselho, por falta de recurso. Como o Conselho é formado por integrantes que moram no interior do estado, é necessário apoio para o deslocamento e estadia desses conselheiros. Atualmente o Conselho é formado por 16 representantes da sociedade civil e 16 indicados pelo governo do estado.

*********

O valor que deveria ser depositado na Conta do Fundo de Cultura é de 0,005 por Cento da Arrecadação Estadual. Isso nunca foi observado pela secretaria de Finanças. Quer dizer: Se fossemos correr atrás, exigindo o cumprimento da Lei, o governo do estado de Rondônia deveria uma grana para o Fundo de Cultura.

********

Esse e outros assuntos, serão discutidos durante a Audiência Pública que vai acontecer no próximo dia 14. Aliás, dia da abertura da Copa do Mundo da Rússia cuja solenidade, vai acontecer as 11 horas (Porto Velho). Quer dizer, não vai atrapalhar a audiência que está marcada para as 15 horas.

********

Tomara que tudo aconteça como o programado e se acontecer, teremos um segundo semestre positivo em se tratando de investimento na cultura. Basta lembrar, que tudo está correndo para a obra da Cidade da Cultura ser iniciada também no segundo semestre deste ano. Já existe R$ 14,5 MILHÕES empenhados para a obra.

********

Desde quando me entendo como colunista cultural, nunca vi, um governador e nem um prefeito se interessarem tanto em contribuir com os grupos folclóricos que se apresentam no Flor do Maracujá, como o governador Daniel Pereira e o prefeito Hildon Chaves.

*******

Os dois estão realmente empenhados em ajudar os folcloristas nas apresentações dos seus grupos. São eles que convocam as reuniões, são eles que entram em contato com os empresários no sentido de atenderem os dirigentes da Federon, são eles que ligam para saber como estão as negociações.

********

Se existe a vontade política o negócio vai em frente. O Arraial Flor do Maracujá só não vai acontecer no mês de junho este ano, porque o Daniel assumiu agora, se ele estivesse governador desde o início do ano, com certeza, a 37ª Mostra de quadrilhas e Bois Bumbás aconteceria no mês de junho.

********

O Flor do Maracujá está sendo negociado e se tudo der certo, vai acontecer uma grande disputa entre os grupos folclóricos.

*********

Antes disso, sexta feira dia 08, começa o ArraiaLeste que depois de tanta polêmica, será realizado no mesmo local do ano passado.


Escreva um comentário

sobre Silvio Santos

Jornalista. Atualmente é editor do caderno de Cultura do jornal Diário da Amazônia. É um apaixonado pela Cultura de Porto Velho. Mantém uma coluna diário no jornal Diário da Amazônia. Conhecido carinhosamente por Zé Katraka.

Arquivos de colunas