#EuCurto Diário da Amazônia
Polícia

Oposição pede convocação de novas eleições após vazamento

Segundo o jornal, pela primeira vez a PF fez “ações controladas” para obter provas.

Por Redação Diário da Amazônia
A- A+

Publicado: 18/05/2017 às 05h15min

Aécio Neves e Eduardo Cunha

Segundo o jornal, pela primeira vez a PF fez “ações controladas” para obter provas. Os diálogos e as entregas de dinheiro foram filmadas e as cédulas tinham os números de série controlados. As bolsas onde foram entregues as quantias tinham chips de rastreamento.

Durante todo o mês de abril, foram entregues quase R$ 3 milhões em propina rastreada.
Após reportagem publicada pelo jornal “O Globo” em que o presidente da República, Michel Temer (PMDB), supostamente pede para comprar o silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a oposição pediu a convocação imediata de eleições.

“A Casa não pode funcionar em uma crise desta dimensão, e que busquemos uma solução política para a crise. A solução não pode ser outra: é a convocação imediata de novas eleições. Esse é o melhor caminho para reconstruir o Estado de Direito, recompor a democracia e reunificar o país”, declarou. Ele ainda falou que a oposição não vai participar de eventuais eleições indiretas. “Nós não participaremos de qualquer tentativa de eleição indireta política no Congresso. Por isso estamos tomando todas as iniciativas com o Senado para uma solução que restaure a normalidade democrática no Brasil”, acrescentou. Segundo Guimarães, a oposição também vai paralisar os “serviços da Casa”, como o andamento das reformas da Previdência e trabalhista propostas pelo Planalto.



Escreva um comentário