Diário da Amazônia Nas mídias socias agora é só curtir seguir e assitir!
#EuCurto Diário da Amazônia
Rural

Produção de soja é maior no Cone Sul

No total, Rondônia tem 1.243 propriedades rurais produtoras de soja.

Por Redação Diário da Amazônia
A- A+

Publicado: 16/07/2017 às 06h30min

A produção de soja tem predominado em municípios situados na Região Sul do Estado

O cone sul concentra a maior quantidade de área plantada e a maior produção de soja de todo o Estado. Segundo dados da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), os municípios de Vilhena, Corumbiara e Pimenteiras do Oeste totalizam 116.413 hectares com o plantio de soja. A região também tem os seis municípios com maior número de propriedades rurais produtoras de soja: Cerejeiras, Corumbiara, Pimenteiras do Oeste, Cabixi, Vilhena e Colorado do Oeste. No total, Rondônia tem 1.243 propriedades rurais produtoras de soja.

Na última safra, a soja foi plantada em 289 mil hectares no Estado, produzindo 908,3 mil toneladas. Esse Volume é o maior da história de Rondônia. A produtividade rondoniense também é maior que a média regional. Na safra 2016/2017, o Estado produziu, em média, 3.143 quilos por hectare. Já a média da Região Norte foi de 3.042 quilos por hectare.

A redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) de fertilizante, de 8,4% para 2,1%, no Mato Grosso, foi uma das ações que contribuíram para o aumento da produção agrícola do Estado, conforme análise do secretário estadual da Agricultura, Evandro Padovani. A soja é o segundo produto mais exportado pelo estado, tendo movimentado mais de R$ 862,6 de janeiro a maio deste ano. De acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Rondônia aumentou a produção de soja 18,7% em relação à última safra.

Vazio sanitário

Até 15 de setembro o produtor deve manter a área livre de todas as plantas de soja, inclusive as voluntárias, também chamadas de tigueras. Nesse período está em vigor o vazio sanitário da soja que objetiva diminuir os riscos de contaminação por ferrugem asiática da soja, praga que pode causar danos ao cultivo de até 90%. O vazio também contribui para o uso de menos agrotóxico na lavoura, contribuindo para reduzir os custos de produção e garantindo maior produtividade.


Escreva um comentário