Diário da Amazônia Nas mídias socias agora é só curtir seguir e assitir!
#EuCurto Diário da Amazônia
Polícia

Suspeitos de matar ex-prefeito são presos

Entre os presos está um vereador da cidade, segundo a Polícia Civil.

Por Redação Diário da Amazônia
A- A+

Publicado: 10/01/2017 às 05h15min

Presos foram levados para a Delegacia de Ministro Andreazza e depois para Cacoal

A Polícia Civil do Estado de Rondônia deflagrou no último sábado (7) a “Operação Trigeu” em Ministro Andreazza. A Operação mobilizou cerca de 75 policiais civis e militares, três delegados e contou ainda com a participação do Núcleo de Operações Aéreas (NOA) com o objetivo de prender os suspeitos pelo crime de homicídio realizado contra o ex-prefeito do município citado, Neuri Carlos Persch, ocorrido na última quarta-feira (4). As investigações estão sendo conduzidas pelo delegado da Polícia Civil, Dr. Edson Florêncio, com a colaboração do DPI e demais colegas.

De acordo com o delegado responsável pelo Departamento de Polícia do Interior (DPI) da Polícia Civil, Dr. Arismar Araújo, foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão durante a Operação no município de Ministro Andreazza que resultou ainda na prisão de oito pessoas, sendo três presos temporariamente e os demais por porte ilegal de arma de fogo. “Das oito pessoas presas, apenas três são suspeitos de participação no crime de homicídio contra o ex-prefeito, os outros cinco, foram presos porque foram encontradas armas com eles”, explicou Dr. Arismar.

O delegado afirmou que a Polícia Civil ainda está investigando a participação de cada suspeito e a motivação do crime, além de revelar que novas prisões devem ser realizadas nos próximos dias. “Temos informações de outros envolvidos no desenvolvimento deste crime, portanto, novas ações devem ser realizadas pela Polícia em breve”, disse o delegado.

Foram apreendidas durante a Operação Trigeu nove armas de fogo, entre elas duas de calibre 38, munições, roupas e três veículos, sendo uma caminhonete produto de roubo e duas motocicletas com as mesmas características do veículo usado pelos criminosos no dia do homicídio contra o ex-prefeito de Ministro Andreazza. Uma das linhas de investigação da polícia aponta para hipótese de que o crime possa ter sido encomendado. Os presos foram encaminhados para o município de Cacoal onde foram ouvidos e colocados à disposição da justiça para as devidas providências.

Trigeu

A operação leva o nome de uma peça teatral da Grécia antiga que foi apresentada nas Grandes Dionísias de 421 a.C., para um público de atenienses e não-atenienses. Tudo ocorreu alguns meses antes da assinatura da Paz de Nícias.

Histórico

O ex-prefeito de Ministro Andreazza, Neuri Carlos Persch, foi executado com vários disparos de arma de fogo na noite da última quarta-feira (4), próximo a residência da mãe dele. De acordo com informações, dois homens em uma motocicleta se aproximaram e efetuaram os disparos contra o ex-prefeito. Neuri Persch havia sido nomeado secretário de Planejamento da prefeitura de Cacoal (RO) ainda na quarta-feira e no último domingo (1°), entregou o cargo da prefeitura de Ministro Andreazza. (Informações PC-RO)


Escreva um comentário