Porto Velho/RO, 23 Novembro 2020 10:50:13

LeandroMazzini

coluna

Publicado: 23/11/2020 às 10h49min | Atualizado 23/11/2020 às 10h50min

A-A+

A crise sócio-econômica no Amapá é muito maior do que o divulgado na imprensa

Amapá em chamas – Parte 2 A crise sócio-econômica no Amapá, sem energia há três semanas, é muito maior do que o divulgado na..

Amapá em chamas – Parte 2

A crise sócio-econômica no Amapá, sem energia há três semanas, é muito maior do que o divulgado na imprensa. Contatos daColuna que moram na capital relatam que há quebra-quebra nas ruas. O presidente Jair Bolsonaro, que visitou Macapá no sábado, ficou o tempo de as termelétricas a diesel improvisadas lhe darem energia elétrica para um tchau no desfile de carro. Foi só decolar que o apagão tomou a cidade. Informes da PM apontam que 40% do efetivo estão contaminados por Covid-19. O pior episódio aconteceu no Pronto Atendimento Infantil (PAI). Com o apagão, seis bebês entubados vieram a óbitos, filhos de pessoas humildes, relatam fontes da unidade. Não conseguimos contato, ainda, com o hospital. A única água ‘potável’ é  do rio Amazonas.

Empregos em risco

O clima tenso nas ruas, a praça fechada e a insegurança energética contribuem para que alguns empresários de Macapá falem em se mudar do Estado. E levar as empresas.

Efeito eleitoral

Politicamente, o mais prejudicado é Josiel Alcolumbre, irmão do senador Davi, e candidato a prefeito. Despencou nas pesquisas de 1º lugar, isolado, para 4º lugar.

Covid-19 2.0

Por claras motivações eleitorais, prefeitos de todo o País permitiram reabertura de bares, restaurantes, e festas. O resultado começou a chegar com UTIs lotadas.

Fala que te escuto

Com a denúncia na mídia sobre empresa suíça que vende sistemas de criptografia, controlada por décadas pela CIA americana, o sinal amarelo acendeu no Governo brasileiro. Já se sabia da suspeita há anos. O problema é que em Brasília, vários órgãos federais usam o software, as Forças Armadas o utilizam desde a década de 60, e pior, o Itamaraty tem como interface com suas embaixadas mundo afora. 

Blindagem nacional

AColuna já revelou em 7 de setembro de 2013, em primeira mão, que a ABIN criou e implementou sotfwares de criptografia próprios, com tecnologia nacional, para blindagem de telefones e e-mails dos Palácios presidenciais e ministérios. Tratam-se do CGov e Cripto-Gov. Basta saber se as autoridades os utilizam. 

Trono cobiçado

 Mais um entrou na corrida para ocupar a vaga do governador Paulo Câmara (PSB) em 2023 – ele não pode mais se eleger. É o professor Lupércio (Solidariedade), reeleito prefeito de Olinda. Vai somar-se aos também reeleitos Miguel Coelho (MDB, Petrolina), Anderson Ferreira (PL, Jaboatão) e Raquel Lyra (PSDB, Caruaru).

Reinado

A Era PSB no comando de Pernambuco estará afetada se João Campos, filho do falecido Eduardo, não vencer a eleição no Recife. O PSB não tem outro expoente.

Tão perto, tão longe

O clima entre o presidente Bolsonaro e o vice, Hamilton Mourão, é tão ruim que nem protocolarmente eles se falam. A caserna é fechada com o General, claro. 

Green Card 

Dados da AG Immigration junto ao Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos, repassados à reportagem, mostram que 19.825 brasileiros receberam oGreen Card ano passado. O número é 28,7% superior ao de 2018 – quando 15.394 obtiveram o visto. Os recordes anteriores haviam sido em 2006 (17.903) e 2005 (16.664).

O novo brazuca

Os números revelam mudança no perfil de imigração para os EUA. Enquanto nas décadas anteriores iam muitas vezes para exercer subempregos, agora qualificam-se para o Green Card com base nas carreiras de sucesso para ocupar altos cargos em empresas americanas ou multinacionais brasileiras em território yankee.

Setore$

Os principais ramos que têm levado brasileiros para terras americanas são engenharia, TI, medicina, enfermagem, odontologia, aviação, que têm brasileiros como referência.

Zé Esplanador

Nosso leitor especial, o Zé Esplanador – seu lema é ‘Perguntar não Ofende, Cobrar é de Direito’ – está muito curioso. Quer saber onde estão os videntes ouvidos pelos programas de TV que não previram nada disso em 2020.

ESPLANADEIRA

#Weburn, plataforma de wellness e fitness em videoaulas, cria Black November, com 50% do valor na assinatura. #Innovio, plataforma para criação de cursos EAD, monta ação do Esquenta Black Friday, com descontos até 35%. #VidaClass oferece consultas e exames a preços acessíveis no Novembro Azul #IdeiaGov cria Diálogos.Gov, espaço de conversas sobre inovação em e para governo de São Paulo. #Face Doctor fecha 32 contratos e pretende faturar R$ 180 milhões  em 2021. #Cuponeria, plataforma de cupons de desconto, lança puglin de extensão para Google Chrome.


Deixe o seu comentário

sobre Leandro Mazzini

Colaborador do Diário da Amazônia - Mineiro de Muriaé, Leandro Mazzini é jornalista pós-graduado em Ciência Política pela UnB e [email protected]

Arquivos de colunas