porto velho - ro, 09 Novembro 2018 07:57:28

Carlos Sperança

coluna

Publicado: 09/11/2018 às 07h57min

A- A+

A fragorosa derrota dos tucanos nas urnas

O projeto de reeleição A fragorosa derrota dos tucanos nas urnas, nas eleições de outubro deste ano ao governo do estado já coloca em..

O projeto de reeleição

A fragorosa derrota dos tucanos nas urnas, nas eleições de outubro deste ano ao governo do estado já coloca em risco o projeto de reeleição do prefeito Hildon Chaves. No entanto, ele tem dois anos para se recuperar mudando os rumos de sua gestão, que no inverno amazônico padece de maior rejeição da população, face ao conhecido problema das alagações.

No aspecto de drenagem, Hildon tem feito sua parte e as estatísticas mostram grandes investimentos macros. E com auxílio de contrapartidas do Grupo Gonçalves, na região dos bairros Socialista/Santana as obras também avançam para conter as alagações típicas da época.

Mas as apostas de Hildon para a reeleição são obras de vulto, como a construção do novo terminal rodoviário de Porto Velho, encruado desde a gestão do então prefeito Roberto Sobrinho, o projeto do esgotamento sanitário, além da parceria com as usinas para a construção da barreira de contenção na orla do Rio Madeira no Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré.

Para o bem de Porto Velho, que os projetos tucanos se realizem. Afinal estamos todos no mesmo barco, mesmo com a oposição fazendo barulho e falando até em impeachment.

…………………………………………….

As composições

Ainda distante – será em fevereiro – a eleição do novo presidente da Assembleia Legislativa ainda esta crua e não se pode dizer que exista um favorito para a peleja. As composições seguem, mas ainda não temos nenhuma chapa definida, tudo por enquanto passa pelo terreno das especulações. E até agora o governador eleito Marcos Rocha não se pronunciou sobre quem será seu ungido na peleja.

A nova oposição

Sem a presença do PT, agora considerado sujo e promiscuo pelos seus antigos puxadinhos, uma nova oposição começa a se desenhar no País, sob a liderança do pedetista Ciro Gomes. Participam dos entendimentos de unificação, o PSB, a Rede, o PPS e o PC do B. Junto os partidos do conglomerado somam quase 80 parlamentares no Congresso Nacional

Em Rondônia

Em Rondônia, o PT novamente foi surrado nas urnas e sobrou apenas a eleição de um deputado estadual Lazinho da Fetagro (Jaru). Desde que rachou, quando o partido vetou a candidatura do então prefeito Roberto Sobrinho ao governo do estado – era considerado nome de ponteira na época – a sigla se esfacelou em guerras intestinas que culminou em outubro  com a derrota de Fafá Cleide ao Senado.

Caminho do futuro

No documento lançado pelo Diretório Nacional do MDB, denominado “Caminho para o Futuro” o partido faz recomendações ao presidente eleito Jair Bolsonaro, da Previdência as contas públicas. A sigla não tem moral para nada, já que esta no poder há décadas, e com dois anos na titularidade no Planalto e o que fez foi afundar o País. È muita desfaçatez. Como dizem os petistas, “já basta o Temer.”

Asas quebradas

Dezenas de garimpeiros rondonienses já desembarcaram na “Serra Pelada” do Mato Grosso, na região de Aripuanã na tentativa de enriquecerem do dia para a noite como aconteceu na década de 80 no Rio Madeira em Porto Velho. No entanto, nem todos se deram bem e parte deles já está de volta, como numa revoada de andorinhas com as asas quebradas e cheias de dor.

Via Direta

*** O interior do Acre continua com a gasolina mais cara da região amazônica com R$ 5,70 o litro *** Os vizinhos acreanos também se queixam de ter o preço mais caro de passagens aéreas no País *** Por causa do baixo movimento de clientes em Rondônia, prostitutas locais estão migrando para a Europa, atraídas por cafetões *** Mais uma mini-praça foi inaugurada na capital, desta vez em homenagem aos seringueiros.


Escreva um comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas