Porto Velho/RO, 20 Outubro 2021 09:25:32

CarlosSperança

coluna

Publicado: 20/10/2021 às 09h23min | Atualizado 20/10/2021 às 09h25min

A-A+

A primeira-dama da capital, Ieda chaves, sinaliza como forte candidata a deputada

Boa receita  Há pouco, a Unicamp apresentou o projeto de um avião silencioso inspirado no voo da coruja. Antes, a Airbus já havia..

Boa receita 

Há pouco, a Unicamp apresentou o projeto de um avião silencioso inspirado no voo da coruja. Antes, a Airbus já havia consagrado o princípio da biomimética para orientar novos modelos, como um avião de propulsão híbrido-elétrica e alta eficiência imaginado com a mecânica de voo das águias.

Por todos os sinais e em muitos lugares cresce a tendência no meio científico de pautar as pesquisas sobre produtos inovadores em soluções baseadas na natureza, definidas pela União Internacional para a Conservação da Natureza como “ações para proteger, gerenciar de forma sustentável e restaurar ecossistemas naturais ou modificados, que abordem os desafios da sociedade de forma eficaz e adaptativa, proporcionando simultaneamente benefícios para o bem-estar humano e a biodiversidade”.

Aprender como a terra se defende das agressões que sofre faz parte da atenção inteligente às soluções baseadas na natureza. É importante, nesse caso, o foco no Instituto Amazônia+21, surgido com o apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI) para incentivar a exploração sustentável de terras subutilizadas e degradadas da região amazônica e, com isso, atrair empresas para gerar desenvolvimento. Homens correndo atrás do dinheiro a ser investido, especialistas pondo projetos em prática e a natureza cumprindo seu papel regenerador compõem uma receita que levará seguramente a resultados compensadores.

……………………………………………………………..

Uma tendência

 Quem for reeleito deputado estadual por Porto Velho nas eleições de 2022, vai provar definitivamente que é bom de voto mesmo. Existe uma forte tendência de renovação na ALE-RO e dos nove parlamentes atuais com base e domicilio na capital rondoniense, pelo menos cinco devem perder as cadeiras. Além de serem deputados avestruzes, com comportamento submisso ao Poder Executivo, os atuais parlamentares não têm assumido causas locais importantes como da nova rodoviária, barreiras de contenção na orla do Rio Madeira, combate as alagações, cobranças ao sistema de esgotamento sanitário entre outras bandeiras

Os predadores

Outra grande barreira para a reeleição dos atuais representantes de Porto Velho são os predadores. Começa pelos vereadores da capital, que a cada legislatura emplacam de dois a três deputados estaduais. Não bastasse, vem aí com as garras afiadas desde o ex-prefeito de Porto Velho Carlinhos Camurça (Avante), os emergentes Vinicius Miguel e Ronaldo Flores, até a ex-vereadora Cristiane Lopes, que também é cotada para disputar uma cadeira a Câmara dos Deputados. Por serem omissos e incompetentes e transformado a política num balcão de negócio a maioria dos deputados da capital merecem mesmo um pé do eleitorado.

A terceira via

O apresentador José Luiz Datena (PSL) está deixando a Rede Bandeirantes para disputar a presidência da República. Já começa com alguns desafios, pois o PSL se uniu aos Democratas criando o União Brasil e poderá escolher um outro candidato para a peleja, que poderá ser até o atual presidente Jair Bolsonaro, já que um naco dos parlamentares federais segue fiel a ele. Outra barreira é vencer a concorrência para se tornar uma terceira via, já que tem adversários como Ciro Gomes (PDT), os governadores Eduardo Leite (RS), João Dória (SP), o presidente do Senado Rodrigo Pacheco (DEM) entre outros nomes lembrados para a peleja do ano que vem.

Garras da felina!

Se constata uma movimentação intensa no plano político da primeira dama de Porto Velho Ieda Chaves, o que sinaliza claramente para ser uma forte candidata a Assembleia Legislativa ou a Câmara dos Deputados. É citada também como uma opção para ser candidata a vice do senador Marcos Rogério na peleja ao CPA Rio Madeira. Seja nos bairros da capital ou nos Distritos ou em eventos públicos ela tem sido uma presença marcante. É a grande predadora feminina, com dentes e garras afiadas e como uma onça tem demarcado território na região metropolitana.

Uma indesejável

Crescendo tanto politicamente, Ieda corre o risco de se tornar uma candidata indesejável no PSDB, partido onde está filiada. Ocorre que numa disputa a uma cadeira assembleia Legislativa seria uma das mais votadas, despertando ciumeira na legenda e na peleja a Câmara dos Deputados, se a deputada federal e presidente estadual dos tucanos Mariana Carvalho se sentir ameaçada tratará logo de cortar as suas asinhas. Em Rondônia é assim, uma nova liderança bota a cabeça fora da toca e logo leva uma paulada que é para não atrapalhar quem está no poder. 

Via Direta

***O comando nacional do União Brasil pretende entregar o controle do partido em Minas Gerais ao presidente do Senado Rodrigo Pacheco (DEM-MG)*** Segue hoje, na Arena da Amazonia, Manaus a Copa Verde, com o time do Porto Velho enfrentando o Manaus. Páreo duro para a nossa locomotiva*** Na falta do meu saudoso Ferroviário, já comprei bandeirinha do Porto Velho. Fico na torcida*** A conta nos restaurantes voltou a subir com seguidos reajustes da carne e outros insumos. O jeito é o colunista lamber uns ossinhos de frango em casa nos finais de semana e fazer sopa de osso, usando o poderoso tutu – e tudo a lenha porque o gás disparou*** O ex-deputado federal Carlos Magno está cuidando da saúde para depois voltar a ribalta política no pleito de 2022. Já ocupou cargos importantes no estado como a Casa Civil no governo Ivo Cassol na década passada.


Deixe o seu comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas