Porto Velho/RO, 15 Fevereiro 2020 20:18:52

    VictoriaAngelo

    coluna

    Publicado: 15/02/2020 às 18h16min | Atualizado 15/02/2020 às 20h18min

    A-A+

    A primeira grande vitória de Moro e tem gente que diz “que ele não faz nada”!

    A queda registrada no número de assassinatos no Brasil em 2019 é a maior se for levada em conta a série histórica desde o início da contagem

    A redução.

    O Brasil teve uma queda de 19% no número de vítimas de crimes violentos em 2019 em comparação com o ano de 2018. É o que mostra o índice nacional de homicídios criado pelo G1, com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

    Sergio Moro desde sua posse como ministro prometeu a redução de homicídios.

    No período de 1980 a 2017 índice foi de 124% de aumento de assassinatos.

    Nos últimos 30 anos, a taxa de homicídios no país cresceu 124%. Entre 1980 e 2017, mais de um milhão de pessoas foram assassinadas. “É como se tivéssemos matado, em 30 anos, uma cidade inteira com uma bomba atômica”, afirmou Julio Jacobo Waiselfisz, autor do Mapa da Violência, durante o lançamento do estudo, em 2012. Enquanto na década de 80 foram registrados 11,7 homicídios por 100 mil habitantes, em 2010 o índice chegou a 26,2 – um aumento médio de 2,7% ao ano. E no final de 2017 o número mantinha o mesmo crescimento.

     

    Queda no número de vítimas de crimes violentos é recorde — Foto: Aparecido Gonçalves/G1.

    O país teve 41.635 vítimas de crimes violentos no ano passado. Trata-se do menor número desde 2007, ano em que o Fórum Brasileiro de Segurança Pública passou a coletar os dados. Ferramenta criada pelo G1 acompanha os assassinatos mês a mês.

    Moro sim, humilhou.

    Moro humilhou aqueles que idolatram o lulopetismo e a esquerda sem projeto político de Brasil, prendendo o chefe da organização que arrasou a credibilidade do país, os jornalistas que o odeiam e aqueles que tentam, sem sucesso desqualificar o ministro que se transformou em ídolo. Quem trabalha e gosta do país tem ele como herói. O resto é choro de quem não aceita a derrota do lulopetismo fadado ao esquecimento gradativo.

    Os dados apontam que:

    1. O país teve 41.635 assassinatos em 2019. 2. O menor número de toda a série histórica. 3. Iniciada em 2007 houve 9.923 mortes a menos na comparação com 2018, uma queda de 19,2%. 4. Todos os estados do país apresentaram redução de assassinatos no ano1/3 deles, porém, registrou uma alta no último trimestre. 5. Só dois estados registraram uma queda superior a 30% no consolidado do ano: Ceará e Roraima

    Presidente Jair Bolsonaro comemora em seu Twitter a queda de homicídios em 2019.

    Grande Sérgio Moro que à frente do ministério conseguiu uma redução de 20% no número de homicídios no Brasil. E tem gente que diz que ele não fez nada.

     


    Deixe o seu comentário

    sobre Victoria Angelo Bacon

    Colaborador do Diário da Amazônia - Jornalista e professora de Língua Portuguesa e Comunicação. Graduada pela Universidade do Estado do Paraná. Especialista em Mídias Sociais pela PUC/PR. Assessora de Comunicação do Governo de Rondônia. Lecionou disciplinas de Comunicação e Linguagem na UFAM, UAB/UNB e Rede Pública de Educação de Rondônia. Secretária Executiva da Universidade Federal de Rondônia e dirigente sindical do SINTUNIR- UNIR. Colunista e apresentadora no Rondoniaovivo do programa Diálogo. Âncora do programa Diálogo nas Redes Sociais na Rede TV Rondônia em 2020.

    Arquivos de colunas