Porto Velho/RO, 07 Dezembro 2019 05:36:19

    RosinaldoGuedes

    coluna

    Publicado: 04/09/2019 às 15h32min | Atualizado 04/09/2019 às 15h49min

    A-A+

    Rondônia é o 5° estado a implantar Rádio digital para PM

    O sistema foi implantado em parte da fronteira em Rondônia, na cidade de Vilhena. Já existente em um pouco mais de mil locais de..

    O sistema foi implantado em parte da fronteira em Rondônia, na cidade de Vilhena. Já existente em um pouco mais de mil locais de segurança no mundo, o contesto de tecnológica, Astro P25, é criptografado, deixando impossível que supostos criminosos tenham acesso às informações da polícia. O sistema P25, implantado, é o mesmo utilizado pelo Exército Brasileiro e agências de segurança nos Estados Unidos”.
    O projeto amplia a área de cobertura por meio de uma rede estendida com estações fixas e duas repetidoras transportáveis, que permitem flexibilidade tática para que o sinal seja direcionado de acordo com a localidade de interesse.

    O equipamento que reúne todo componente eletrônico que faz a distribuição do sinal, considerado o cérebro do sistema. “O batalhão construiu uma sala especial para abrigar o Master, responsável em distribuir as informações para as demais localidades. Antenas de aproximadamente 50 metros de altura foram instaladas para difundir o sinal. Esse sistema está funcionando de forma perfeita”.

    No Brasil, quatro estados da federação já adquiriram a nova tecnologia: São Paulo, Minas Gerais, Amazonas e Maranhão. Rondônia é o quinto estado a implantar o novo sistema P25. O sistema de radiocomunicação digital, fornecido pela Motorola Solutions (NYSE: MSI), garante mais segurança, privacidade e qualidade superior de áudio, sem chiados ou risco de interferências, anulando as possibilidades de interpretação equivocada por ruídos.

    Com o sistema P25, a segurança pública de Rondônia pretende eliminar a rede analógica. As mensagens de voz podem ser operadas como GPS, que indica a localização do pessoal em campo. Além disso, o sistema digital permite a comunicação integrada entre outras forças e autoridades da região. O Investimento de comunicação digitalizada na faixa de fronteira custou R$ 11 milhões de reais, recurso destinado pela União, através da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), e do Governo de Rondônia. Inicialmente, o sistema será operacionalizado na faixa de fronteira em três cidades: Vilhena, Porto Velho e Guajará Mirim.


    Deixe o seu comentário