Porto Velho/RO, 27 Abril 2020 05:14:53
Política

Urgente: Agnaldo Muniz morre em grave acidente na BR 319

O grave acidente com capotamento que resultou na trágica morte do ex-deputado Federal Agnaldo Muniz, aconteceu no quilômetro 20 da br 319

A- A+

Publicado: 01/04/2018 às 18h07min | Atualizado 11/09/2019 às 21h06min

As primeiras informações são de que a caminhonete, que era dirigida pelo ex-deputado Agnaldo Muniz, perdeu o controle após passar por uma aquaplanagem, chegando à capotar e parar dentro da mata.  Um outro passageiro não identificado que estava com o ex-deputado foi levado por populares para o hospital e pronto Socorro João Paulo II, consciente e com pequenas escoriações pelo corpo, e não corre risco de morte.

O ex-deputado estava na companhia do caseiro de seu sítio, que foi identificado apenas pelo nome de Valdeci.

O corpo de Agnaldo já retirado do local e está no Instituo Médico Legal de Porto Velho.

Velório:

Seu velório será nesta segunda-feira no Templo Central da Assembleia de Deus em Porto Velho situada na Rua Jose de Alencar, 3286 – Centro.

Trajetória:

Muniz obteve, em 2014, mais de 25 mil votos para deputado federal, ficando na suplência. Ele já exerceu o mandato no Congresso Nacional em duas ocasiões, entre 1999 e 2007 e assumiu entre 2010 e 2011 . Sua chegada ao MDB foi acolhida, recentemente, pelo pré-candidato do partido ao Governo, Maurão de Carvalho, que preside a Assembleia Legislativa.

Atualmente o ex-deputado, que era pastor ligado à Convenção Estadual da Assembleia de Deus em Rondônia (CEMADERON), exercia um importante cargo de liderança da UMADRON – União das Mocidades da Assembleia de Deus de Rondônia. Agnaldo, além de teólogo, era formado e exercia a profissão de advogado.

Agnaldo deixa esposa e três filhos (um homem e duas mulheres).

Nota de Pesar da Prefeitura de Porto Velho:

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves e a primeira-dama Ieda Chaves, prestam as suas condolências à familia do ex-deputado federal Agnaldo Muniz, pelo seu falecimento ocorrido na tarde deste domingo, 1° de abril.

A morte se deu, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), após uma provável perda do controle da direção do veículo em que conduzia, na BR-319, em Porto Velho. No veículo ainda estava um passageiro, que foi encaminhado ao Pronto Socorro João Paulo II, na Capital.

Hildon Chaves ressalta que a tragédia o levou de forma repentina e que o ex-deputado era muito querido, sobretudo pelos membros da Igreja Assembleia de Deus. Era um líder, inclusive na área jurídica, com muitos anos de experiência.

O chefe do Executivo Municipal se solidariza com a família enlutada neste momento de dor e tristeza.

Agnaldo Muniz deixa esposa e três filhos menores de idade.

Hildon Chaves
Prefeito de Porto Velho.

Ieda Chaves
Primeira-dama do Município de Porto Velho

Fotos:



Deixe o seu comentário