Porto Velho/RO, 28 Maio 2020 12:30:30
Polícia

Agricultor denuncia derrubada e furto de madeira em propriedade

Funcionários ouviram motosserra dentro da mata e avisaram proprietário. PM foi até o interior da floresta, mas não localizou madeireiros.

A-A+

Publicado: 28/05/2020 às 12h30min

Foto: WhatsApp/Reprodução

Um agricultor de 57 anos acionou a Polícia Militar (PM) depois de descobrir que madeireiros estavam entrando ilegalmente em sua propriedade para derrubar e furtar toras de madeira, em Rio Crespo (RO), Vale do Jamari.

Segundo relato do pecuarista à PM, na quarta-feira (27) seus funcionários estavam olhando o gado da propriedade quando ouviram barulho de motosserra na mata da propriedade. Os trabalhadores então adentraram na floresta e lá encontraram toras já derrubadas e ouviram vozes de pessoas e um motor cortando árvores.

Na sequência os funcionários retornaram à sede da fazenda e avisaram o proprietário sobre a suspeita de furto de madeira. O pecuarista acionou a PM, que compareceu ao local e adentrou na mata a fim de localizar os supostos madeireiros.

Os policiais fizeram buscas pela floresta, mas nenhum madeireiro foi localizado. Perto da divisa da propriedade foi encontrado um caminhão, provavelmente o veículo que seria usado no transporte das toras derrubadas.

Segundo boletim de ocorrência, a PM tentou ligar o veículo, mas ele não funcionou. Por isso, não foi possível realizar a apreensão do caminhão. (G1/RO)



Deixe o seu comentário