Porto Velho/RO, 11 Dezembro 2019 18:10:12
    Polícia

    Após espancar homem até a morte, garoto diz que voltará a matar

    Sebastião Januário, 66 anos levou chutes, socos e pedradas de três adolescentes em uma parada de ônibus, na Região do Entorno do DF

    A-A+

    Publicado: 03/12/2019 às 17h30min

    REPRODUÇÃO

    Um dos adolescentes que assassinou Sebastião Januário Evaristo, de 66 anos, em uma parada de ônibus, na Cidade Ocidental (GO), disse aos investigadores que voltará a matar quando for liberado pela polícia. Com outros dois colegas, também menores de idade, ele espancou o idoso até a morte na madrugada de sexta-feira (29/11/2019).

    Segundo o delegado Daniel Marcelino, da Polícia Civil de Goiás (PCGO), os envolvidos – um de 16 e dois de 17 anos – afirmaram que o crime foi motivado por uma dívida de drogas. “Mas a gente não acredita nisso, porque a vítima não era usuária de entorpecentes, apenas de álcool”, informou.

    “A personalidade deles demonstra que são pessoas sem compromisso com a vida e as leis. Um deles disse que se saísse iria matar de novo”, relatou o policial.

    Ainda de acordo com o delegado, o idoso não estava vivendo em situação de rua. “Ele só dormia alguns dias no local por conta do vício em álcool, mas tinha família e casa”, revelou.

    Veja o vídeo do momento do crime:

    Durante cerca de 20 segundos, os suspeitos dão vários socos e chutes em Sebastião. O trio puxa o homem, que não reage, até a calçada e continua com as agressões. Momentos depois, saem correndo. Em seguida, os agressores voltam e um deles joga uma pedra na cabeça da vítima.

    Sebastião morreu no local.

    Os três adolescentes confessaram o crime e disseram que o indivíduo comprou droga com eles, mas não pagou. Na tarde desta terça-feira (03/12/2019), os adolescentes passam por uma audiência na Justiça, na qual será decidido se serão liberados ou se devem ser internados enquanto aguardam por uma medida socioeducativa.

    Fonte: Metrópoles



    Deixe o seu comentário