Porto Velho/RO, 01 Setembro 2021 22:35:12
Variedades

Apresentadora do SBT chama agente para “porrada” após agressão a câmera

Um cinegrafista free-lancer, a serviço do SBT, foi agredido por um agente penitenciário no Rio, na última sexta-feira (02), durante a..

A-A+

Publicado: 06/10/2020 às 11h14min | Atualizado 06/10/2020 às 11h19min

Uma apresentadora do SBT chamou um agente penitenciário para “porrada” após agressão a câmera no Rio de Janeiro. (Foto: reprodução)

Um cinegrafista free-lancer, a serviço do SBT, foi agredido por um agente penitenciário no Rio, na última sexta-feira (02), durante a realização de uma reportagem. Indignada com as imagens que o próprio rapaz conseguiu registrar enquanto era atacado, Isabele Benito, apresentadora do telejornal “SBT Rio”, fez um longo desabafo no ar dirigido ao agente que agrediu o câmera.

“Você quer porrada? Meu nome é Isabele Benito. Vem aqui tentar me dar porrada na porta do SBT. Eu saio todos os dias às 13h30. Vem aqui pra gente resolver isso”, protestou a apresentadora. “Vem aqui! Porque falar que vai dar porrada na cara de um menino negro que está com uma câmera na mão porque você não achou que ele fosse repórter do SBT, prestando serviço pro SBT, é fácil! Vem aqui dar na cara de quem é conhecida”.

O cinegrafista foi ao presídio Ary Franco registrar imagens da saída de um preso que estava detido por engano. Um dos agentes penitenciários ameaça: “Te quebro na porrada aqui. Já falei pra não gravar essa merda”. Segundo a reportagem que o SBT exibiu sobre o caso, o câmera levou dois socos.

Isabele viu as imagens antes de o telejornal ir ao ar. E ficou indignada. “O vídeo me revoltou. Me fez muito mal. É um retrato do que as pessoas negras passam neste país”, contou. “O cinegrafista é um cara humilde, querido por todo mundo no SBT”, disse.

Antes de exibir a reportagem (veja abaixo), ela anunciou que ia fazer o desabafo que acabou viralizando: “Além de ser brava, quem me conhece sabe, muitas vezes eu sou explosiva. Mas nesse caso eu pensei bem e o que eu vou falar aqui é com coragem. Não é com braveza”.

“Não chamei o agente penitenciário para a porrada literalmente. É uma figura de linguagem. Um desabafo diante de tudo que a gente vê, da covardia”, resume a apresentadora.

Após a exibição de seu desabafo, Isabele conta que recebeu muito apoio. “As pessoas ficaram emocionadas no SBT”.

Veja a reportagem exibida no SBT Rio:

Fonte: Mauricio Stycer



Deixe o seu comentário