Porto Velho/RO, 11 Outubro 2020 06:01:07

JoséLuiz

coluna

Publicado: 11/10/2020 às 06h00min

A-A+

As disputas por terras em Mutum Paraná, deixando mortos e feridos é preocupante

Preocupante…!  As disputas por terras em Mutum Paraná, deixando mortos e feridos é preocupante, alterando a temperatura das..

Preocupante…! 

As disputas por terras em Mutum Paraná, deixando mortos e feridos é preocupante, alterando a temperatura das tensões no campo em Rondônia, um estado em franca evolução no setor produtivo de grãos e bovinos, que ainda padece pela ausência de regularização fundiária para sustentar a paz no campo. A violência nas áreas rurais pregada por grupos armados desafiando a lei, invadindo propriedades e aterrorizando quem produz, tem que ser combatida com rigor pelas autoridades usando a força dos mecanismos jurídicos. 

Novos cafés clonais 

Ao participar do programa “Campo e Lavoura” na Rede TV! O superintendente Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infra estrutura de Rondônia (SEDI), Sérgio Gonçalves anunciou que entre os vários programas de inovações tecnológicas em andamento naquela instituição, uma parceria entre o governo do estado e Embrapa no valor de R$ 4 milhões melhorando os clones para a produção de café se encontra em fase adiantada. Sérgio Gonçalves elogiou as ações desenvolvidas pelo o Banco do Povo com recursos do governo do estado no atendimento aos pequenos e micros empreendedores rurais e urbanos neste período de pandemia. 

Boa safra! 

Os órgãos oficiais anunciaram nos últimos dias uma colheita de grãos no Brasil e Rondônia esta inserida neste contexto, em 252 milhões de toneladas com destaques para soja, milho e algodão. As exportações de produtos agropecuários sustentam a economia do País, mesmo que no mercado interno os consumidores paguem valores mais elevados pela sexta básica. Alguém tem que pagar a conta, essa é a lei da oferta e procura.   

Plantas exóticas

O presidente da Agência Idaron, Júlio Peres informa que as mudas de plantas com origem desconhecida enviadas pelo Correio também chegaram em Rondônia e estão sendo recolhidas pelos técnicos para exames laboratoriais. Na verdade, em alguns exames já foram detectados fungos que podem afetar a produção ao se misturar no meio-ambiente prejudicando o setor produtivo, pois não se sabe ainda se são plantas exóticas e nem por que motivos estão sendo enviadas sem remetente. Júlio Peres orienta as pessoas que receberem as sementes que procurem Agência Idaron. 

Ao candidato empreendedor 

Entusiasmado com o sucesso da Conecta Agrolab Amazônia, o superintendente do Sebrae, Daniel Pereira, apresentará aos candidatos a prefeitos e vereadores, “O Guia do Candidato Empreendedor”. O objetivo é mostrar para cada candidato que uma pequena indústria em seus municípios gera emprego e rendas para famílias. Após o pleito, os eleitos serão convocados pelos técnicos da instituição, quando será demonstrada a importância da criação de agroindústrias nos municípios. 

Cooperativa 

Sandra Vecentine presidente da Cooperativa Cop-Pró Girau, no distrito de Jacy-Paraná, com 160 cooperados vem desenvolvendo um trabalho forte para regularizar o selo de produtos, como a mandioca para o churrasco, goma para tapioca e a pimenta de tucupi, outros produtos como assai e farinha de mandioca já estão sendo comercializados no mercado com boa aceitação. Em tempo de crise a saída é o cooperativismo. 

Finalizando 

Desejando um bom final de semana e boa leitura, vou ficando por aqui, porém não esqueçam de usar a máscara, pois, o coronavirus continua infernizando a vida de muita gente!


Deixe o seu comentário

sobre José Luiz Alves

Colaborador do Diário da Amazônia - José Luiz Alves, é jornalista. Apresenta aos sábados das 6h às 8h na Rede Tv Rondônia! o programa Campo e Lavoura, com informações ao homem do campo e produtores rurais, em cadeia com seis emissoras de rádios para todo o Estado de Rondônia.

Arquivos de colunas