Porto Velho/RO, 02 Março 2024 16:16:37

Rodolpho Sbarzi

coluna

Publicado: 31/07/2023 às 13h07min

A- A+

As esmolas do mundo

Confira a coluna

Todas as quartas feiras eu e minha família participamos de um grupo de conexão da Igreja Batista Lagoinha, onde há uma mensagem de reflexão sobre Deus e um bom bate papo. Em um desses encontros um dos irmãos falou uma frase: Vamos continuar vivendo de esmolas do mundo ou com o que Deus pode nos dar?

Essa frase ecoou na minha mente e feriu meu coração de uma maneira que não consegui entender no momento, mas não me deixou em paz (no bom sentido) e ainda nesse momento é uma questão não terminada e uma pergunta surgiu:

Eu tenho vivido nas esmolas do mundo ou tenho vivido o que Deus tem para me dar? 

O mundo te dá uma certa alegria como esmola, mas é a alegria temporária, pois tudo que está aqui neste mundo é temporário, nada vai durar para sempre nesse mundo, muito menos a alegria que ele proporciona. A alegria do mundo é uma esmola, às vezes ela dura uma noite, e pela manhã se acaba. Muitas vezes após a alegria um grande vazio aparece e então é necessário preencher com mais uma esmola do mundo por um tempo.

Essa esmola gera grandes vícios…

Da mesma maneira o mundo pode te proporcionar muitos bens materiais como esmola, mas o mundo nos faz amar essas coisas e ficamos presos a bens que trazem status, luxo e poder, mas o que acontece se o mundo tirar isso tudo de você de repente? Um abismo aparecerá. Um buraco enorme terá que ser preenchido, e não será possível preencher.

Essa esmola pode te levar a uma escuridão de morte…

Deus criou o mundo e tudo que nele há, Ele nos deu tudo isso para aproveitarmos com sabedoria. A alegria de uma noite divertida e bem aproveitada com amigos ou um passeio por lugares lindos que Deus criou pode nos trazer uma alegria contemplativa que fará toda diferença quando não estivermos mais lá.

Os bens materiais que temos de certo modo nos trazem alegria e conforto, e isso é maravilhoso, e Deus não tem nada contra isso, Ele deseja que todos nós possamos gozar de boas coisas, mas os bens materiais devem nos servir e não nós devemos viver para servir aos bens. Os bens devem sempre servir para servir ao próximo de alguma maneira.

Jesus nos disse que nos deixaria a paz, mas não a paz que o mundo dá, a paz Dele é a verdadeira.

De alguma maneira todos nós temos um lugar a ser preenchido por Deus em nós e esse lugar pode estar sendo preenchido com uma esmola que o mundo está te dando.

Você sabe o que tem mendigado do mundo? 

O que você tem pedido a Deus?

 


Deixe o seu comentário

sobre Rodolpho Sbarzi

Colaborador do Diário da Amazônia – filho de Porto Velho com orgulho, ex jogador profissional de futebol, músico, cristão, pensador e escritor da vida, não existe nada mais lindo que escrever sobre a vida e suas nuances!