Porto Velho/RO, 09 Setembro 2020 16:46:20
Geral

Ato em defesa dos bancos públicos pára Centro de Porto Velho

Bancários e representantes sindicais e de movimentos sociais de Rondônia promoveram na manhã de ontem, 23, ato público em frente à..

Por Portal SGC
A- A+

Publicado: 24/10/2014 às 14h02min | Atualizado 27/04/2015 às 03h22min

Manifestação em Porto velho foi um alerta à sociedade

Manifestação em Porto velho foi um alerta à sociedade

Bancários e representantes sindicais e de movimentos sociais de Rondônia promoveram na manhã de ontem, 23, ato público em frente à agência Madeira-Mamoré da Caixa Econômica Federal, no Centro de Porto Velho.

O manifesto, que também contou com um pit-stop na avenida Carlos Gomes com José de Alencar, foi um alerta à sociedade sobre a iminente ameaça de privatização – surgida durante a campanha eleitoral – dos bancos públicos, como a própria Caixa, o Banco do Brasil e o Banco da Amazônia.
O ato faz parte da mobilização que vem acontecendo em nível nacional depois que Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central no governo FHC e anunciado como futuro ministro de Aécio Neves (caso seja eleito), defendeu a redução da atuação do BB, Caixa e BNDES.

O ex-ministro afirmou que “provavelmente vai chegar um ponto em que talvez não tenham tantas funções. Não sei muito bem o que vai sobrar no final da linha. Talvez não muito”.

O tema vem sendo discutido em vários debates na TV entre Dilma e Aécio.
Para as lideranças sindicais ligadas ao ramo financeiro as palavras de Armínio representam um potencial retrocesso a um regime que abriu mão dos bancos públicos.

A medida foi importante para o desenvolvimento econômico e social do país tornaram-se mais evidentes do que nunca a partir da crise internacional de 2008.
“Parabenizamos a todos os bancários e representantes dos trabalhadores de diversas categorias e movimentos sociais que participaram deste ato num momento crucial do processo eleitoral”, avalia José Pinheiro, presidente do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (Seeb-RO).

Ele adiantou que o objetivo principal do manifesto foi levar à população a importância de escolher, no próximo domingo, um projeto político que defenda a permanência e fortalecimento dos bancos públicos brasileiros.

Essas instituições financeiras, para o sindicalista, são importantes para o desenvolvimento social e econômico do nosso País.

“Estamos convictos de que o projeto do atual governo é a melhor opção para o Brasil, pois neste governo os bancos públicos foram fortalecidos, gerando mais emprego e distribuição de renda, especialmente após a abertura de novas agências e contratação de mais funcionários em todo o território nacional”, adiantou.



Deixe o seu comentário