porto velho - ro, 22 Julho 2019 16:54:23
Serviços

Conferência: Atuação da Defesa Civil em debate em Rondônia

Representantes dos Conselhos Municipais de Defesa Civil, além de órgãos que atuam no sistema, participam amanhã e domingo da..

A- A+

Publicado: 26/09/2014 às 12h55min | Atualizado 27/04/2015 às 23h23min

Representantes dos Conselhos Municipais de Defesa Civil, além de órgãos que atuam no sistema, participam amanhã e domingo da Conferência Estadual de Proteção e Defesa Civil,  no auditório da Fatec, em Porto Velho. Os organizadores do evento comemoram a mobilização da sociedade em torno do assunto, ao mesmo tempo em que esperam fazer com que as atenções do País neste campo também se voltem para Rondônia, que foi cenário de uma enchente histórica, que desabrigou mais de 10 mil pessoas, mas não houve mortes relacionadas diretamente ao fenômeno.
Durante a conferência, os participantes vão unificar propostas que serão apresentadas na Conferência Nacional, prevista para o mês de novembro, em Brasília. Segundo Janete Rodrigues, do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), que integra a comissão organizadora do evento, a primeira conquista já aconteceu, que foi a mobilização da sociedade na discussão de temas relacionados à Defesa Civil, durante as conferências municipais.
“Os participantes já tinham consciência de que é preciso adotar medidas preventivas para enfrentar eventuais catástrofes. Isso é avanço”, disse ela.
Desses encontros resultaram várias propostas, princípios e diretrizes que serão debatidos neste fim de semana na Capital.

DELEGADOS
Participarão da conferência estadual delegados de 25 dos 52 municípios do Estado. “O ideal é que cada  município tenha seu representante, mas nem todos se mobilizaram para escolher os representantes”.
Também participarão representações de órgãos que atuam com a Defesa Civil, como o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Sipam, CPRM, Secretaria de Estado de Defesa e Cidadania (Sesdec), entre outros.
A realização da Conferência Nacional de Proteção e Defesa Civil consolida os avanços no campo da prevenção e atuação em eventos de desastres, previstos na Lei 12.608, de 10 de abril de 2012, que definiu a política de Defesa Civil no País. Em Rondônia, a enchente histórica do rio Madeira produziu efeitos que serão discutidos por terem resultado em ações coordenadas e devidamente fundamentadas em protocolos, sem registro de óbitos. (Da Assessoria)



Escreva um comentário