Porto Velho/RO, 29 Janeiro 2020 09:40:41

    SolanoFerreira

    coluna

    Publicado: 29/01/2020 às 09h40min

    A-A+

    Aumento de robotização é refletido no crescimento do setor

    Os dados divulgados pela CNI (Confederação Nacional da Industria) apontando o crescimento do setor de máquinas e equipamentos indica que..

    Os dados divulgados pela CNI (Confederação Nacional da Industria) apontando o crescimento do setor de máquinas e equipamentos indica que a indústria brasileira está aderindo ao modelo Indústria 4.0, que acelera a substituição de mão-de-obra humana por robôs ou outros sistemas automáticos e automatizados. Essa é uma tendência mundial inevitável. A empresa que quer se manter no mercado precisa avançar nesse sentido. O mesmo ocorre com o ser humano; se quiser continuar num emprego precisa aprender e dominar as tecnologias.
    O crescimento do setor de máquinas e equipamentos foi de 0,7% em 2019, se comparando ao ano anterior. Esse índice que parece ser pequeno indica um bom volume de indústrias que estão se adequando para diminuir custos, melhorar qualidade e tornar mais competitivas. O processo indústria está cada vez mais automático e automatizado promovendo ganhos consideráveis para essas empresas.
    Tudo caminha para a tecnologia. Da construção civil à fabricação de automóveis; da indústria de alimentos à produção de confecções; infinitas empresas dos mais distintos segmentos se ajustam robotizando suas linhas de produção. Esse crescimento é bilionário. O balanço divulgado pela Abimaq (Associação Brasileira da Industria de Máquinas e Equipamentos) registrou capital de R$ 82,4 bilhões nesse setor no ano passado.
    O governo brasileiro também precisa estar atento ao seu poder controlador para não inibir esse crescimento com o risco legal. Ao contrário, se faz necessário simplificar e desonerar para que, as indústrias se modernizem e cresçam em competitividade, o que resultará ganhos diversos ao país. É preciso evitar absurdos como a taxação da energia solar, que nada mais é do que cobrar pela luz do Sol. O que for feito para agilizar o crescimento industrial refletirá nos demais setores econômicos internos.


    Deixe o seu comentário

    sobre Solano Ferreira

    Editor-Chefe do Diário da Amazônia. Comunicador Social e Marketing/ Mestre em Geografia. Atua na Gestão Estratégica e Gerenciamento de Crise.

    Arquivos de colunas