Porto Velho/RO, 06 Abril 2021 01:01:58

Carlos Sperança

coluna

Publicado: 01/04/2021 às 08h32min

A- A+

Bolsonaro se refugia no famigerado Centrão para tentar escapar do ImpeachmentVac

Ambição climática Uma chance de ouro se apresenta ao Brasil para reverter a péssima imagem que tem lá fora. Ela está embutida no..

Ambição climática

Uma chance de ouro se apresenta ao Brasil para reverter a péssima imagem que tem lá fora. Ela está embutida no convite formulado pelo presidente estadunidense Joe Biden ao seu homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, para participar da Cúpula de Líderes sobre o Clima, a se realizar em 22 e 23 de abril.

O que assegurou o honroso convite, além do peso que o Brasil tem no mundo quando o assunto é clima, foi a presteza com que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, manifestou a disposição de promover ações rápidas e combinadas com os EUA para atingir novas metas em energia limpa.

Não se sabe se até lá o ministro Ernesto Araújo ainda estará no Ministério das Relações Exteriores, onde só atrapalha e é malvisto pela maioria dos quarenta líderes convidados para a Cúpula do Clima. Mesmo que esteja, a chance que o Brasil tem de se apresentar como fator resolutivo para o drama climático é tão boa que basta combinar ações com os outros 39 líderes para reverter o olhar negativo que prejudica investimentos no país.

Há também o risco de ouro virar pirita caso o Brasil não aproveite a chance de reverter más impressões e assumir seu verdadeiro papel como defensor do clima ameno para o mundo. A pauta da Cúpula é cada convidado expor como seu país pode “contribuir para uma ambição climática mais forte”. O Brasil pode. Basta não fugir dessa responsabilidade.

………………………………………………………………..

A homenagem

No transcorrer da semana passada, a Eucatur foi objeto de várias homenagens, entre elas da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia pelo transcurso de mais um aniversário comemorado na última quarta-feira, dia 31. Como se sabe, foi a União Cascavel, com sua trajetória de pioneirismo marcada ainda no início dos anos 70, que deflagrou a corrida dos migrantes paranaenses, gaúchos e catarinenses para cá, participando intensamente da colonização do então Território Federal. Seu Assis, que já tinha participado da colonização do Oeste paranaense, foi decisivo também na escalada de crescimento em Rondônia.

Final de abril

Agora, segundo informa o ministro Tarcísio Freitas, a ponte sobre o madeirão na região do Abunã será inaugurada no final de abril. Nos últimos anos várias datas foram estabelecidas e nenhuma cumprida. Os políticos acreanos estão mais incisivos na cobrança junto as esferas federais para se livrarem de vez do isolamento que na época das enchentes lhe rende tantos dissabores. As bancadas federais de Rondônia, Acre e Amazonas confirmam a presença do presidente Jair Bolsonaro para o evento.

Impeachmentvac

Com a oposição criando asas para aplicar um “impeachmentvac” no Presidente Jair Bolsonaro, o mandatário tratou de se refugiar de vez nos braços do famigerado “Centrão” que ele tanto condenou na campanha de 2018. Mudando ministros, administrando a situação desgastante com a pandemia do coronavirus no País, Bolsonaro vai se mantendo no poleiro e reforçando suas paliçadas militares para seu projeto de reeleição. Mas sua popularidade, como se constata nas pesquisas, está em queda livre nos últimos meses.

Sem alarde

Sem alarde, o professor universitário Vinicius Miguel, que vem de duas derrotas seguidas – uma ao governo em 2018 e outra a prefeitura de Porto Velho em 2020, assumiu a Superintendência de Distritos. O objetivo da nova liderança é se recuperar dos insucessos anteriores e emplacar uma eleição a Assembleia Legislativa ou a Câmara dos Deputados. A cobertura do órgão que assumiu dificilmente vai lhe dar projeção parta tanto: as localidades ribeirinhas e os distritos não tem eleitorado suficiente para lhe assegurar uma projeção política de maior magnitude.

Cadeia do leite

Denunciando a existência de um cartel nos laticínios rondonienses, o deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT-Jaru), cobrou ação mais enérgica das autoridades estaduais em defesa dos produtores do leite, cuja cadeia produtiva está sendo prejudicada pelos baixos preços forçados pelos cartéis para a diminuição dos preços nas regiões produtoras. Milhares de pequenos produtores dependem desta renda e estão prejudicados pelas manobras dos empresários espertalhões. Aguardam-se as providencias.

Via Direta

*** Esta começando nova corrida por cargos federais em Rondônia *** Pelo que se sabe os partidos do chamado “centrão” vão papar a maioria dos cargos importantes na região, já que eles são as principais legendas de sustentação ao presidente Jair Bolsonaro *** O final de março foi marcado por muito desmatamento em Rondônia, divisa com a Bolívia, Acre, Sul do Amazonas. Haja queimadas a partir de maio, hajam grossas camadas de fumaça cobrindo os céus de Rondônia *** E hajam doenças respiratórias para agravar ainda mais a peste do covid que tomou conta do estado *** O Movimento Pensar Rondônia é o maior conselheiro do governador Marcos Rocha no que tange ao combate ao coronavirus. Mas o recomendável mesmo é pedir conselho em Araraquara…


Deixe o seu comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas