Porto Velho/RO, 12 Dezembro 2019 00:37:20

    SolanoFerreira

    coluna

    Publicado: 17/10/2019 às 10h35min | Atualizado 18/10/2019 às 11h28min

    A-A+

    Cacau e café voltam como referência econômica local

    A economia agrícola de Rondônia caminha muito bem com a expansão da monocultura, principalmente da soja e milho. A pecuária de corte e..

    A economia agrícola de Rondônia caminha muito bem com a expansão da monocultura, principalmente da soja e milho. A pecuária de corte e de produção leiteira é outro potencial de valor para o Estado, sendo grande gerador de receita, empregos e aquecimento econômico. A agricultura familiar também avança com a produção que garante a segurança alimentar, além de estar inserida outras produções da grande escala.

    O café voltou com força e o Estado está colhendo excelentes resultados. Até os indígenas entraram no negócio e estão com produção cafeeira de ótima qualidade com venda garantida no mercado interno e para exportação, como é o caso do café orgâncio produzido pelos Suruí.

    Agora o cacau está voltando com força e será mais um aliado da economia regional. Na era da colonização, o café com cacau foi a dupla que impulsionou a primeira era agrícola do Estado. Décadas depois, a dupla reaparece com melhorias genéticas e novas técnicas de manejo retomando posição de valor na agricultura familiar e de médio porte.

    A aposta no café e cacau é importante para a sustentabilidade por serem culturas que podem ocupar áreas degradadas e antropisadas que já se tornaram improdutivas. A cobertura agroflorestal proporcionada por essas culturas podem ajudar o ecossistema e ainda darão oportunidades de mão de obra no campo desafogando as cidades. O café é a segunda bebida mais consumida no mundo, perdendo apenas para a água natural, e o chocolate nunca deixará de ser consumido. Vale a pena investir.


    Deixe o seu comentário

    Arquivos de colunas