porto velho - ro, 02 Novembro 2019 02:17:40
    Diário da Amazônia

    Câmeras de segurança são instaladas em ônibus de Porto Velho

    Consórcio SIM diz que objetivo é melhorar segurança do passageiro e funcionários, além de inibir casos de assédio.

    Por G1 RO
    A-A+

    Publicado: 20/08/2019 às 17h41min

    Câmeras captam quatro ângulos diferentes dentro dos coletivos de Porto Velho. — Foto: Diêgo Holanda/G1

    Parte da frota do transporte coletivo de Porto Velho começou a ser monitorada por câmeras de segurança. A instalação dos equipamentos está sendo realizada de forma gradativa nos ônibus do Consórcio SIM. A meta da empresa é que 100% da frota seja monitorada até outubro.

    São quatro câmeras em cada veículo. Elas captam imagens da porta dianteira, na entrada de passageiros, da catraca e cobrador, da porta traseira e da via onde o ônibus está trafegando.

    Ao G1, o diretor do Consórcio SIM, Marcelo Cavalcante, explicou que o objetivo da colocação das câmeras é dar mais segurança aos usuários, funcionários, garantir o cumprimento de normas de trânsito pelo motorista e inibir assédio nos coletivos.

    “Uma câmera pega a parte da frente, de trânsito, que é importante pra avaliar o desempenho do motorista, se houver um acidente, uma reclamação de passar no quebra-molas muito rápido, uma curva, a gente consegue apurar e melhorar o treinamento”, conta.

    A instalação foi uma iniciativa do consórcio com a autorização da Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran). As imagens armazenadas devem ajudar a polícia em investigações nos casos de acidentes, assaltos e assédio, por exemplo.

     

    Transporte coletivo de Porto Velho deve ser todo monitorado por câmeras até outubro. — Foto: Diêgo Holanda/G1

    Marcelo também conta que a ideia é fiscalizar o cumprimento das viagens e manter a regularidade do serviço.

    “Toda filmagem o sistema registra com GPS, então a gente consegue identificar exatamente onde aconteceu qualquer ocorrência, além de controlar o percurso depois de realizada a viagem”, explica.

    Em pouco mais de um mês de funcionamento, as câmeras já flagraram um acidente e um furto no coletivo.

     



    Escreva um comentário