porto velho - ro, 13 Junho 2019 00:08:59
Geral

Campanha do Netflix é suspensa por sugerir ‘roubar’ wi-fi

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) decidiu proibir de forma definitiva uma campanha de marketing do..

Por EXTRA
A- A+

Publicado: 20/03/2019 às 09h49min | Atualizado 20/03/2019 às 09h50min

Se preferir, ouça a versão em áudio

Foto: Mike Blake / PHOTOGRAPHER

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) decidiu proibir de forma definitiva uma campanha de marketing do Netflix, serviço de streaming de vídeo pela internet. A peça, veiculada em elevadores residenciais na cidade de São Paulo, tinha como mote “Hoje é dia de roubar o wi-fi do vizinho para maratonar”. O slogan foi considerado antiético pela câmara do Conselho de Ética, formada por profissionais da área de Marketing.

A queixa chegou ao Conar em dezembro, após a queixa de um consumidor. Ao analisá-la, o Conar sustou a peça. Em decisão pela maioria dos votos dos seus membros, o Conselho de Ética disse que houve uma sinalização que ressalta o estereótipo da esperteza e do jeitinho. “Mesmo contendo bom-humor, a campanha foi considerada antiética”, destacou a decisão.

Mas o Netflix recorreu. A companhia argumentou, em sua defesa, que o anúncio foi veiculado por 48 horas. Além disso, a empresa disse que a peça se apoiava em bom humor, irreverência e infomalidade. Lembrou ainda que a hipótese de roubo de wi-fi é exagerada.

O processo, então, seguiu para análise em segunda instância. Desta vez, os membros decidiram por unanimidade suspender a campanha. A decisão foi no último dia 14 de março. Não cabe mais recurso no Conar. O caso só poderia ir para uma terceria instância no Conar caso a decisão do Conselho de Ética não tivesse sido unânime. O Netflix não respondeu até a publicação da reportagem.



Escreva um comentário