porto velho - ro, 12 Setembro 2019 18:25:39
    Esporte

    Campeonato de Motocross 2019 em Cacoal

    Abertura do evento foi marcada por fortes emoções.

    Por Nolancenet
    A-A+

    Publicado: 19/08/2019 às 17h43min

    Contando com as presenças de pilotos de todas as regiões do estado, a pista do Bosque da cidade Cacoal foi palco no fim de semana da etapa de abertura do Campeonato de Motocross 2019. A prova disputada nas categorias Mirim, Nacional MX-3, Nacional Força Livre, Importada MX-3 e Importada Pró foi marcada por fortes emoções. O público que compareceu em grande número vibrou muito com os acirrados pegas a cada bateria disputada.

    Willin #406 (Wandir Trator), Itamar Tadeu # 77 (ITF Multimarcas-Tomaz Mx Shcool), Márcio Brígido # 46 (MegaBom), Willin Bonni # 200 (Itf Multimarcas-Master Motos-LDG Graficos), e Victor Carlos # 4(Rastrek Rastreadores-Wandir Tratores), todos da cidade de Cacoal foram os grandes vencedores da prova do fim de semana, marcada ainda por fortes chuvas na tarde de domingo.

    Foto:Divulgação

    Após um sábado (17), já bastante agitado, com os treinos livres e de reconhecimento da pista, a movimentação ficou intensa no domingo (18), já pela manhã com as tomadas de tempos seguida da largada de duas baterias. Na volta do intervalo para o  almoço retornaram as pistas os pilotos da Nacional MX3, onde o piloto Itamar Tadeu # 77, após ter vencido a primeira bateria, voltou a largar bem e se manter a frente até a bandeirada final. Vanderlei Júnior # 6 (Rolim de Moura), foi o segundo colocado e Evandro Bucioli # 27 (São Francisco do Guaporé) ficou com a terceira colocação.

    Na disputa da Importadas MX3, Itamar Tadeu # 77, de Cacoal, venceu duelo ferrenho com Márcio Brígido # 46, também de Cacoal, porém na segunda bateria, Brígido foi mais consistente, largando em segundo, mas ainda no meio da prova passou a frente de Bala # 9, de Vilhena, para abrir vantagem e cruzar a linda de chegada na primeira colocação. Valdinei Correio # 88, acelerou forte nas últimas voltas e conseguiu chegar na segunda posição. No agregado dos pontos, Márcio Brígido terminou em primeiro, com Itamar Tadeu em segundo, Valdinei em terceiro, Bala em quarto e Marcione # 321, de Ji-Paraná completando o pódio.

    Com o tempo já fechado para as chuvas, entraram na pista os garotos da categoria MX Mirim, num prova forte dos futuros pilotos, com algumas disputas acirradas por posições. Largando bem, o piloto Willian Santos # 406, de Cacoal manteve-se na ponta por toda prova, para vencer com Ruan Duarte #22, de Rolim de Moura, chegando em segundo, Gabriel Laia # 94 na terceira posição, Luiz Guilherme # 17, de Vilhena em quarto e Gambiarra # 190, de Rolim de Mora, em quinto.

    Pouco antes de entrar na pistas motos da categoria Força Livre Nacional e MX Pró, teve inicio uma inesperada e forte chuva, retardando a prova, que pelo tempo e as condições da pista, a coordenação em  acordo com os pilotos optaram pela realização de apenas uma bateria de cada categoria restante. Na disputa da Força Livre Nacional, quem mostrou a melhor performance foi o pilto Willan Boni # 200, de Cacoal, que largou forte e não deu chances para os demais concorrentes, vencendo a prova de ponta a ponta. Felipe Carvalho # 112, de Rolim de Moura, não fez uma boa largada e teve de se desdobrar para garantir a segunda posição, a frente de Thiago Fernandes # 333, de Sapezal-MT, terceiro colocado e do quarto colocado Diego Ferrari # 961, de Espigão do Oeste. O pódio foi completado com Jhoan Pierre # 119, de Porto Velho.

    Também disputada em bateria única, a MX Importadas pró fechou o evento, com mais uma disputa emocionante e de muitas emoções e adrenalina. Fazendo uma boa largada, o experiente Victor Carlos # 4, de Cacoal acelerou forte para não ser ultrapassado pelo aguerrido Guilherme Maschio # 816, de Pimenta Bueno. Depois de uma intensa perseguição na busca de tomar a liderança de Vitin, Guilherme Maschio errou na curva e acabou perdendo a segunda posição para Jhoan Pierre # 119, de Porto Velho. Nas últimas voltas, Pierre ainda tentou chegar no líder, mas Vitin foi o grande vencedor.



    Escreva um comentário