Porto Velho/RO, 26 Julho 2020 06:01:09

CarlosSperança

coluna

Publicado: 26/07/2020 às 06h00min

A-A+

Candidatos ao pleito da capital segue incerto

Cloroquina verde Estudos de pesquisadores da Universidade Federal do Amazonas que resultaram em recente artigo publicado pela revista..

Cloroquina verde

Estudos de pesquisadores da Universidade Federal do Amazonas que resultaram em recente artigo publicado pela revista britânica RSC Advances enchem de ânimo os brasileiros ansiosos por uma saída para a pandemia, mas não podem cegar as autoridades para o fato de que é uma pesquisa em andamento.

Os esforços dos cientistas Larissa Wiedemann, Valdir Veiga Jr e Ananda Antônio merecem aplausos pela intenção, resultados obtidos e também pela proposta de usar os avanços da tecnologia a serviço da saúde. Empregar programas computacionais para avaliar as propriedades anticovid de produtos da biodiversidade amazônica promete resultados importantes, desde que não sejam entendidos apressadamente como uma “cloroquina verde”.

Propagada como a cura por estudos iniciais sem critérios mais precisos e investigação aprimorada, não tardou para a cloroquina cair do pedestal pela constatação de sua inutilidade para o tratamento. Isto não seria um problema: o que preocupa são seus perigosos efeitos colaterais, especialmente para o coração. 

É irrefletido apostar em produtos com base na magia. Se valer a ilusão de que basta crer na cura para que ela aconteça, não será mais necessário fabricar remédios nem pagar tão caro pelos melhores deles. Bastaria imaginar a cura e ela viria do nada. Os cientistas da Ufam sabem disso e merecem os aplausos e a confiança em seus estudos pela descoberta de bons fármacos.

………………………………………………………..

PDT em campo

Com respaldo do Diretório Municipal, onde detém ampla maioria,  o presidente do Diretório de Porto Velho Ruy Parra Mota vai garantindo sua candidatura à Prefeitura da capital e com o controle da situação – o aval das instâncias superiores do partido – já iniciou as primeiras consultas sobre eventuais alianças para o pleito de novembro na sucessão do prefeito Hildon Chaves. Seguem as tratativas e as primeiras andanças.

A proliferação

Com Hildon Chaves (PSDB), Leo Moraes (Podemos) e Mauro Nazif (PSB) se afastando da peleja na capital temos uma verdadeira proliferação de postulantes na temporada. Sem os nomes considerados de ponteira no jogo, um novo pelotão já está se formando com: 1- Vinicius Miguel (Cidadania) 2- Cristina Lopes (PP) 3-Lindomar Garçom (Republicanos) 4-Ruy Mota (PDT) 5- Alex Palitot ou Leonardo Bertolin (PTB) 6-Fabrizio Jurado (Democratas) 7-Eyder Brasil (PSL) 8 – Coronel Crisóstomo 9- Jayme Gazola (PV), 10 -Samuel Costa (PC do B) 11- Ramon Cajuí (PT) 12- Pimenta de Rondônia (PSOL)  13- Wilians Pimentel (MDB).

No meio do caminho

Alguns nomes cogitados também para a disputa da prefeitura de Porto Velho desde o ano passado ficaram no meio do caminho, desistindo sem maiores explicações, ou mudando de opção, como  eventuais disputas a vereança. Vejam alguns nomes que chegaram a ser propalados nos bastidores para a disputa: 1- Kazan Roriz 2- Hermínio Coelho (PV) 3- Vanderlei Oriani (DEM) 4- Edgar do Boi (DC) 5 – Vereadora Elis Regina (PC do B)  6- Mauricio Carvalho (PSDB).  

Mãe Joana

Com a pandemia forte, paralisação nos serviços de transportes coletivos, as facções criminosas tomando conta das comunidades nos grandes complexos habitacionais, Porto Velho viveu nos últimos dias uma situação complicada, se tornando uma verdadeira casa da mãe Joana. Na administração municipal as ações de pavimentação avançaram. As principais ruas da capital já estão recapeadas e a pavimentação segue em bairros populosos.

Mais animado

As possíveis desistências do deputado Leo Moraes (Podemos) e do prefeito Hildon Chaves (PSDB) na disputa pela prefeitura de Porto Velho teria animado o ex-prefeito e ex-deputado federal Mauro Nazif (PSB) a entrar na parada. Até então estava renitente ante ao favoritismo dos antagonistas de 2018. As tratativas para alianças já começaram ante a proximidade as convenções partidárias para a definição das candidaturas.

 

Via Direta

*** Na maioria dos países do planeta os frigoríficos se transformaram em ninho do coronavirus*** Num deles localizado no Brasil quase todos os infectados eram trabalhadores haitianos ou  imigrantes de outros países. Em Rondônia o epicentro nos frigoríficos infectados fica em São Miguel do Guaporé*** Assessores do ex-deputado estadual Hermínio Coelho negaram que ele entre na disputa de um cargo a vereança pelo Partido Verde*** No entanto, está propenso a deixar a tarefa de disputar a prefeitura da capital para o empresário Jayme Gazola*** Alguns candidatos a vereança  da capital que foram em busca de recursos estão recebendo a porta na cara*** A classe política cada vez mais rejeitada pela opinião pública. Motivos não faltam. 

 


Deixe o seu comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas