Porto Velho/RO, 03 Março 2020 08:58:57

CarlosSperança

coluna

Publicado: 03/03/2020 às 08h58min

A-A+

CGU sorteia 60 municípios para fiscalizar em 2020

Carnes sinceras Os insinceros não têm cura e sucumbem pelas consequências da falsidade, mas os vegetarianos, veganos e outros grupos..

Carnes sinceras

Os insinceros não têm cura e sucumbem pelas consequências da falsidade, mas os vegetarianos, veganos e outros grupos sinceros que se preocupam com as relações entre pecuária e desmatamento passaram a ter desde as vésperas do Carnaval um instrumento de apoio para a redução de seus temores.

Para ajudar nos ataques midiáticos dos insinceros aos agropecuaristas, havia um cipoal de leis, normas, portarias e papéis que conflitavam ou dificultavam a tarefa de comprovar uma produção de carne não originada de terras desmatadas da Amazônia, ocupadas ilegalmente ou geridas por neoescravistas.

Agora, em benefício dos diversos setores que atuam ou se relacionam com as cadeias de carnes, o Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) criou um instrumento que vai facilitar a vida de todos: produtores, fiscalização, frigoríficos, varejistas e consumidores.

O recentemente elaborado Protocolo de Monitoramento de Fornecedores de Gado é a contribuição mais recente do Imaflora para abrir uma clareira iluminada no cipoal escuro das regras que se empilhavam, trombavam ou criavam dúvidas.

Haverá menos pressão e barulho por parte dos setores antes ancorados nas ações fora da lei de clandestinos e invasores de terra que maculavam este setor de tanta importância para o esforço exportador brasileiro. Viva a sinceridade!

…………………………………………………………………….

Que fria!

A Advocacia Geral da União –CGU sorteou 60 municípios brasileiros para fiscalizar a aplicação dos recursos federais no País  neste início de 2020, sendo deles 10 na Amazônia, e um em Rondônia. Como é de conhecimento geral, de cada 10 municípios fiscalizados, quase todos são flagrados com pendências. Em Rondônia foi sorteado o município de Campo Novo de Rondônia, no Vale do Jamari, onde tenho quase certeza que o prefeito atual no mínimo vai tomar um puxão de orelhas. O DNA dos alcaides em geral é de rapinagem.

Poder feminino

As coisas vão se encaminhando para a peleja daprefeitura de Porto Velho em outubro contar com  uma candidatura do sexo feminino. Trata-se da apresentadora de televisão Cristiane Lopes, vereadora do PP que terá apoio do ex-governador Ivo Cassol e da deputada federal Jaqueline, atual presidente da legenda. É possível que outros partidos se atrelem a postulação, através do prestígio do ex-governador Ivo Cassol  na capital.

Rumo ao PSD

Existem  alguns indícios indicando que o atual prefeito Hildon Chaves deixará o PSDB agora dominado pelo clã Carvalho  e deverá ingressar no PSD, comandado a nível estadual pelo deputado federal Expedito Neto, um portovelhense da gema, nascido no Hospital de Base, mas que tem sua maior base na Zona da Mata, reduto do seu pai, ex-senador Expedito Junior. Assessores do alcaide já começaram asfiliações nos bastidores.

Índice IDGM

O município de Porto Velho naufragou no Índice de Desafios da Gestão Municipal-IDGM 2020. Entre as 26 capitais brasileiras ficou na modesta 24ª posição, acima apenas de Belém e Macapá. O que afundou nossa amada e idolatrada capital foi o saneamento básico, os quesitos de abastecimento de água encanada e principalmente do esgoto sanitário, que como é de conhecimento geral padecemos horrores, com menos de 4 por cento de cobertura domiciliar. Coisa de louco!

Patinho feio

Infelizmente ainda temos em Porto Velho muito a fazer para deixar de ser o patinho feio das capitais. Temos a orla mais maltratada da região, a rodoviária é um cartão de visitas as avessas, a região portuária é de lascar, as fezes pululam nas ruas e avenidas, sem contar  que a falta de macrodrenagem nos  invernos amazônicos (estação das chuvas) deixa muitos bairros alagados até o talo. Por conseguinte, os números apresentados não nos surpreendem.

Via Direta

***O apresentador Marcelo Bennesby, astro da Rede TV, pendurou as chuteiras e desistiu da carreira política*** Deverá apoiar para vereador seu colega Rosinaldo Guedes, do PDT, que já está correndo trecho *** O deputado federal Mauro Nazif (PSB) ainda hesita em assumir a condição de pré-candidato a prefeito na capital. Está examinando os prós-e-contras*** Afinal de contasser prefeito em Porto Velho é ser culpado de tudo que for ruim e o que fizer de bom é: não fez mais do que sua obrigação *** Os empresários do ramo da construção civil e do ramo imobiliário demonstram otimismo comrelação a 2020*** Acreditam que será um ano favorável para os negócios *** O LGTB prepara vários candidatos para disputar a vereança. O PC do B já lançou o seu, saindo na frente*** O dirigente Pantera está pulando cirandinha com os gays, atraindo o segmento que tradicionalmente apoiava os petistas na capital rondoniense.

 


Deixe o seu comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas