Porto Velho/RO, 11 Dezembro 2019 17:45:26

    RobertoRavagnani

    coluna

    Publicado: 05/12/2019 às 10h19min

    A-A+

    Chegou Dia 05 de dezembro

    Nada mudou, o mundo continua igual e pouca coisa se fez para comemorar este dia tão importante. Bom é importante na verdade para nós que..

    Nada mudou, o mundo continua igual e pouca coisa se fez para comemorar este dia tão importante. Bom é importante na verdade para nós que trabalhamos e incentivamos as pessoas para serem voluntários, pois para a maioria das pessoas é só mais um dia no calendário.

    Dia 5 de dezembro, instituída pela ONU (organizações das nações unidas) em 1985, com a intenção depromover ações de voluntariado em todas as esferas da sociedade, ao redor do mundo. Um bom modo de promover essas ações é refletir sobre elas.

    Em 2001 foi também instituído pela ONU o ano internacional do voluntariado, com a finalidade de se falar sobre o tema em todo o mundo com maior incidência e poder difundir esta atividade, o que aconteceu com muito sucesso, graças a ação da mídia, que de forma espontânea falou muito do assunto.

    Da mesma forma em 1998 o governo federal brasileiro criou e publicou a lei do voluntariado, um aparato legal importante para as OSC’s e para os voluntários, mas infelizmente da mesma forma que veio o tema a tona nos anos de 1985, 1998 e 2001, no restante todo do tempo este trabalho fica à margem das notícias que vendem, as que contem sangue e tragédias.

    Enfim o dia 5 de dezembro deveria ser um dia de comemorar, na verdade é, pois temos conseguido avanços no trabalho voluntário, graças ao trabalho de “formiguinhas”, grupos, empresas, OSC’s e pessoas que se dedicam ao trabalho voluntário de forma contínua e alegre. 

    Estas pessoas merecem o nosso respeito e nossa comemoração pelo dia do voluntário. Meu trabalho é levar a você leitor este tema e um pouco desta história para que conheça e saiba sobre o tema, para que possa ou não ser um voluntário à qualquer tempo.

    Torço para que tenhamos mais para comemorar a cada 5 de dezembro, eu estarei aqui com mais histórias sobre o tema e lembrando você sempre, que quem ganha efetivamente fazendo trabalho voluntário é quem faz e não quem recebe. Portanto deixo o convite a você para fazer parte da mudança que você quer ver no mundo.


    Deixe o seu comentário

    sobre Roberto Ravagnani

    Construindo Cidadania - O autor é Roberto Ravagnani, palestrante, jornalista (MTB 0084753/SP), radialista (DRT 22.201), conteudista e Consultor de voluntariado e responsabilidade social empresarial. Voluntário palhaço hospitalar desde 2000, fundador da ONG Canto Cidadão, Associado para o voluntariado da GIA Consultores no Chile, fundador da Aliança Palhaços Pelo Mundo, Conselheiro Diretor da Rede Filantropia, sócio da empresa de consultoria Comunidea e Membro Engage for business. www.robertoravagnani.com.br

    Arquivos de colunas