Porto Velho/RO, 30 Janeiro 2020 11:47:36
    Variedades

    Cobra extremamente mortal morde tratador no rosto em show trágico

    Norjani era um conhecido "encantador de serpentes" de uma vila da Indonésia e não foi ao hospital após a mordida no rosto

    A-A+

    Publicado: 30/01/2020 às 11h45min | Atualizado 30/01/2020 às 11h47min

    Um homem que se descrevia como um “encantador de serpentes” foi mordido por uma cobra extremamente letal durante uma apresentação na Indonésia. A apresentação não foi das melhores: o sujeito rodava o réptil enquanto ria e apenas o deixava nervoso, o que resultou em um final trágico. Segundo informações do jornal inglês Mirror, o vídeo foi gravado no sábado (26), na província de Kalimantan Ocidental. Para o show da vez, ele capturou uma cobra-real de cinco metros no dia 22, conhecida como a maior cobra peçonhenta do mundo.

    O homem conhecido como Norjani, é um conhecido ilusionista local, além de encantador de serpentes. O veneno da cobra-real não é dos mais perigosos, mas como ela é grande e consegue inocular uma quantidade gigante de veneno em uma mordida, isso a torna uma das mais mortais do mundo. Uma mordida da cobra-real pode matar um tigre ou até um elefante. Norjani descobriu isso da pior forma possível, ao ser mordido pela cobra durante seu show.

    Assim que foi mordido na mão direita, ele não pareceu se importar, apenas chupando o veneno e tirando a cobra de perto. Os moradores locais até tentaram ajudar, mas Norjani continuou seu show, numa demonstração de confiança em seus “poderes”. Ele então tomou uma segunda mordida, dessa vez no rosto e nem assim sua confiança pareceu se abalar. Assim que terminou o show, Norjani foi para uma cabana onde mora nos arredores de uma vila, onde prepara remédios caseiros e cria cobras. Duas horas depois das mordidas, por volta das 16h, ele começou a se sentir muito mal e foi para um hospital.

    Mesmo recebendo doses de soro antiofídico, Norjani não resistiu e morreu. Dede Hasanudin, chefe da polícia local, afirmou que o comportamento de Norjani era “arriscado e desaconselhável com animais selvagens” Como “vingança”, a família dele matou a cobra e cortou sua cabeça.

    FONTE: R7



    Deixe o seu comentário