Porto Velho/RO, 04 Maio 2021 08:53:37

LeandroMazzini

coluna

Publicado: 04/05/2021 às 08h53min

A-A+

Coluna Esplanada

Tem panda na moita Após conectar dezenas de cidades no meio da floresta, por fibra ótica submersa nos rios Negro e Amazonas, o Projeto..

Tem panda na moita

Após conectar dezenas de cidades no meio da floresta, por fibra ótica submersa nos rios Negro e Amazonas, o Projeto Amazônia Conectada encontra certa resistência nos gabinetes da Esplanada em Brasília, indicam fontes, porque usa equipamentos e tecnologia de uma empresa brasileira, o programa PadTec, em detrimento de um concorrente chinês. O lobby oriental é forte entre portas. O projeto pretende interligar ribeirinhos, quartéis do Exército, escolas, hospitais e aldeias em mais de 3 mil quilômetros na floresta, e tem as Forças Armadas como base de sua operação. 

Força tarefa

O projeto é tutelado pelo Ministério da Defesa, em interface com o da Ciência e Tecnologia e o das  Comunicações. Seus coordenadores regionais estão em Brasília atrás de garantias para continuidade.

Reforço

Para quem critica a Operação – principalmente advogados criminalistas com clientes milionários – vale lembrar que a Lava Jato ajuda. A Justiça já destinou mais de R$ 29 milhões de dinheiro apreendido de sentenciados para o Amazônia Conectada.

PT no BB

Ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil no período do Mensalão no Governo Lula, Renato Naegele deve ser nomeado vice presidente de Governo e Agronegócios do BB. 

Inversão

O Brasil é mesmo um País de inversão de valores. O líder indígena Almir Surui (Povo Paiter Suruí), de Roraima, virou alvo da Polícia Federal e da direção da FUNAI porque denunciou o Governo do presidente Jair Bolsonaro ao Tribunal Penal Internacional por ataques aos povos indígenas. 

Como é?

A FUNAI, ao que consta na Constituição, é a entidade que garante os direitos das etnias. Suruí passou a receber telefonemas considerados intimidadores da PF e do órgão. 

Fortuna!

Um pedreiro brasileiro ganhou duas vezes na principal loteria da Itália, em apenas 20 dias. Além de levar 3 milhões de euros (R$ 19,6 milhões), virou alvo da Polícia. Mas nada encontraram além da sorte.  

Barbaridade 

Gay, ativista do MST e filiado ao PT. A Polícia Civil do Paraná trabalha com a hipótese de crime de homofobia e por ideologia sobre o assassinato do jovem Lindolfo Kosmaski, 25 anos, cujo corpo apareceu carbonizado em São João do Triunfo. 

O que será?

Agora que sofreu impeachment como governador do Rio, Wilson Witzel tem destino incerto. Ainda é investigado. Está entre o camburão e uma empresa consultoria.

Brasil & STF

Um dado interessante da sondagem nacional da Paraná Pesquisas sobre a maioria (mais de 82%) pedir novo processo de escolha para ministro do STF, por mérito, e não por indicação política: o índice a favor da mudança do modelo é aprovado por todas as faixas etárias dos entrevistados, em todas as escolaridades e nas cinco regiões do País, mostram os recortes da pesquisa. Mais detalhes no nosso portal.

Pódio na praia

A La Boutique Café & Casa Hotel em Caraíva, vila paradisíaca no sul da Bahia, vai oferecer duas diárias de cortesia para os atletas brasileiros medalhistas de ouro dos Jogos de Tóquio.

Marceneiro do Poder

Faleceu um dos melhores marceneiros de Brasília, Nestor Kozan, aos 61, vítima do coronavírus. Ele fez projetos como a mobília de 274 suítes do antigo hotel Blue Tree, hoje Royal Tulip; da Trattoria do Rosário; e de residências dos Lagos Sul e Norte.

ESPLANADEIRA

#Méqui promove desfile em suas redes sociais, para campanha #MéquiLookDelivery. #Brasil Brokers aposta na capacitação da equipe para aumentar negócios e lança programa Liderança de Alta Performance no Rio. #ONG Visão Mundial entrega  kits de ternura e alimentos para famílias e crianças em situação de vulnerabilidade na região Norte. #Zee.Dog Human estreia categoria ‘Casa’. # Município deSão Bento do Una (PE) completou 161 anos.


Deixe o seu comentário