Porto Velho/RO, 25 Setembro 2020 12:23:56
Polícia

Comerciante de 60 anos é amarrado, torturado e morto na Capital

A vítima, que também era professor na capital, foi encontrado pelo irmão no começo da tarde desta segunda - feira (14).

Por Redação Diário da Amazônia
A- A+

Publicado: 14/09/2020 às 14h01min

Foto: Diário da Amazônia

Um professor e comerciante, identificado como Fernando Lopes Trindade, de 60 anos, foi amarrado, torturado e achado morto no começo da tarde desta segunda-feira (14), em uma residencia localizada na Rua Joaquim da Rocha com Lotus, no bairro Castanheira, zona Sul de Porto Velho (RO). A Polícia Militar (PM) suspeita de latrocínio. Ninguém foi encontrado no local.

De acordo com as primeiras informações, a vítima, que possui um comercio na região, não abriu o estabelecimento na manhã desta segunda. Preocupado, o irmão de Fernando foi à casa e o encontrou no chão com marcas de tortura. Imediatamente a PM foi acionada e registou o boletim de ocorrência. Segundo a PM, não foi possível identificar o motivo da morte. O rabecão e a perícia técnica foram acionado para o local.

Segundo a PM, a vítima teve duas motocicletas roubadas, o carro foi depredado e o comércio foi revirado. Vizinhos, informaram que Fernando morava com dois adolescentes. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e de Crimes Contra o Patrimônio.

De acordo com vizinhos, Fernando era comerciante no bairro há mais de 20 anos e também professor, da Escola Estadual Rio Branco.



Deixe o seu comentário