porto velho - ro, 01 Novembro 2019 22:05:23

    SolanoFerreira

    coluna

    Publicado: 01/10/2019 às 10h49min | Atualizado 01/10/2019 às 17h55min

    A-A+

    Comércio informal cresce na capital indicando falta de empregos

    É perceptível o crescimento do comércio informal em Porto Velho, com muitas bancas, carrinhos e tendas espalhadas pelas esquinas da..

    É perceptível o crescimento do comércio informal em Porto Velho, com muitas bancas, carrinhos e tendas espalhadas pelas esquinas da cidade. Do centro aos bairros a informalidade tem ocupado espaço na paisagem urbana da capital. No Espaço Alternativo que seria um local estiloso e organizado está até dificil caminhar e visitar de tantos informais aglomerados pelas calçadas.

    O comércio informal é aquele praticado sem o atendimento às regras comerciais regulares e que nem sempre recolhe tributos. Causa muita queixa dos comerciants formais que têm mais despesas e veem os informais como concorrentes desleais.

    A cidade sempre conviveu com esse tipo de problema, vivido durante os blefos dos ciclos econômicos. Por isso a parte central tem o camelódromo, que foi resultado de ação pública municipal para a retirada das barracas de praças e calçadas. Com o tempo, os locais voltaram a acumular esses vendedores que oferecem de agulha a palheiro. As praças e logradouros da parte central continuam com amontoados de tendas e bancas, como se não houvesse controle da postura do município.

    A informalidade é indicador de desemprego. Quando a oferta de empregos diminui, para sustentar suas famílias, o jeito é inventar algum produto para oferecer pelas esquinas, calçadas, praças e outros logradouros públicos. Entra aí o fator social, que requer atenção com a necessidade de sobrevivência dessa parte da população. De outro lado tem diversos problemas surgidos como a ocupação desordenada do espaço público, falta de recolhimento de tributos, condições sanitárias indevidas e muitos outros detalhes.

    Isso demonstra que a cidade precisa de um projeto de desenvolvimento econômico consistente para garantir os ciclos econômicos com geração de empregos e renda, evitando os blefos e as inconstâncias que interferem na vida social e comercial da cidade.


    Escreva um comentário

    Arquivos de colunas