Porto Velho/RO, 17 Janeiro 2020 08:50:32

    ChagasPereira

    coluna

    Publicado: 17/01/2020 às 08h50min

    A-A+

    Comportamento e atitudes como fatores para o sucesso

    É muito comum ver pessoas questionando o fato de não alcançarem sucesso em sua vida pessoal e profissional. Mas é importante, e até..

    É muito comum ver pessoas questionando o fato de não alcançarem sucesso em sua vida pessoal e profissional. Mas é importante, e até fundamental, que também haja questionamentos sobre o que está sendo feito no sentido de crescer profissionalmente e alcançar o sucesso. Apenas lembrando que o sucesso profissional não está relacionado somente ao fator financeiro. Isto porque as pessoas normalmente, e prioritariamente, pensam que ganhar muito dinheiro significa ter sucesso. Isso é engano. 

    Obviamente que ganhar dinheiro é o que todos almejam, mas o sucesso profissional não está relacionado somente a isso. Muitos ganham rios de dinheiro, mas são pessoas ricas completamente frustradas. Dinheiro é importante, mas não fundamental para definir o sucesso. Então, como mensusar um perfil de sucesso? Comportamento e atitudes são apenas dois fatores por meio dos quais se pode mensurar uma pessoa de sucesso.

    Profissionais ricos tendem a ser péssimas referências, enquanto outros, cujas contas bancárias são menos abundantes, são grandes exemplos. Enquanto o comportamento faz a diferença, as atitudes impulsionam para o sucesso. Pessoas de sucesso não precisam, necessariamente, ganhar rios de dinheiro, mas serem dignas, éticas, responsáveis, humanas e também preocupadas com as outras. Uma pessoa pobre tende a ser maior referência do que uma pessoa rica. Isto porque o comportamento fala mais alto que o dinheiro.

    Janeiro Branco

    Em todo o Brasil, o mês de janeiro está sendo dedicado a reflexões, sensibilização e esclarecimentos sobre doenças de ordem mental. Os distúrbios mentais têm afetado milhões de pessoas e causado grandes estragos. No entanto, essa preocupação com as doenças mentais e suas consequências não devem ficar restritas ao mês de janeiro, mas devem estender-se ao longo de todos os dias do ano. Mais do que nunca nós precisamos estar atentos quanto à qualidade de vida. Mais diversão, mais gargalhadas, mais tempo para a família. Isso é fundamental.

    Transporte coletivo

    A problemática vivida pelos trabalhadores do sistema de transporte coletivo urbano, que optaram pela greve como alternativa de protesto contra os salários atrasados, demonstra uma realidade complicada.Não quero aqui tirar a razão dos funcionários, que dependem dos salários para sustentarem suas famílias. Mas, entro no mérito da gestão. O problema não acontece apenas nesse momento, mas se arrasta há algum tempo. O transporte coletivo urbano na Capital já foi referência, mas tem sido caótico nos últimos anos. E são os usuários do sistema que sofrem os maiores impactos. Ainda bem que a cidade amanheceu com parte da frota circulando.Menos mal. 

    Referência

    Os investimentos em busca da excelência no ensino público em Rondônia atestam preocupação e compromisso com a qualidade. O secretário Suamy Vivecananda é um dos profissionais mais qualificados e de maior credibilidade na área educacional, e não por acaso foi escolhido como gestor da Seduc. As ações feitas em prol do ensino público seguem orientações do governador Marcos Rocha, mas são embasadas na visão diferenciada e futurística do secretário Suamy Vivecananda.

    Alerta

    Os casos de hanseníase têm registrado queda na Capital e em todo o estado. Mas é necessário que se mantenha alerta sobre os sintomas e que se busque uma unidade de saúde em situação de dúvidas. O diagnóstico precoce, conforme especialistas, facilita o tratamento, mas é preciso que haja colaboração da população. O Brasil ocupa o segundo lugar no ranking mundial, com 30 mil casos novos registrados anualmente.

    Motivação

    Estudar a Bíblia, além de possibilitar maior conhecimento de Deus, também nos trás motivação. Veja o que está escrito em Romanos 8:38,39: “Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus.” Fiquem com Deus.


    Deixe o seu comentário

    sobre Chagas Pereira

    Com mais de 40 anos de atuação no segmento da comunicação em Rondônia, Chagas Pereira é jornalista, radialista, consultor e palestrante.

    Arquivos de colunas