porto velho - ro, 12 Setembro 2019 18:26:19
    Variedades

    Comunidades do Baixo madeira participam da 11ª Festa da Melancia

    No final de semana centenas de moradores do Baixo Madeiro prestigiaram a 11ª edição da Festa da Melancia, festejo tradicional do..

    Por Larina Rosa Diário da Amazônia
    A-A+

    Publicado: 19/08/2019 às 16h40min | Atualizado 19/08/2019 às 16h45min

    Foto: Roni Carvalho – Diário da Amazônia

    No final de semana centenas de moradores do Baixo Madeiro prestigiaram a 11ª edição da Festa da Melancia, festejo tradicional do Distrito de Nazaré o maior produtor de melancia do Estado.

    A festa reuniu cerca de 2.500 pessoas que participaram da comemoração da colheita da melancia, maior fonte de renda da comunidade. No festejo foram realizados concursos e premiações para o maior comedor de melancia, arremessos de melancias, quem carrega mais peso, melancia mais pesada com categoria comprida ou redonda e o concurso de rainha e princesa da festa.

    Josué Moarem Cavalcante foi o vencedor de um dos concursos mais esperados da festa, esse ano ele foi o maior comedor de melância, conseguiu comer 1 quilo e 700 gramas. No concurso de mais pesada, a melancia do Seu Francisco morador do Distrito ganhou na categoria redonda com 17 quilos e 800 gramas. Já a categoria comprida chegou a 24 quilos e 400 gramas.

    Gabriela dos Santos de Nazaré venceu como a Rainha da Festa e o prêmio de Princesa da festa da melancia ficou com Dalila Leite de Cavalcante.

    A Secretária da Associação dos Moradores (Ampan), Artemísia Miranda disse que a festa foi superou as expectativas da comunidade, “A festa serviu para comemorar a colheita de melancia com os produtores da região e incentivar a visita as comunidades do baixo madeira”.

    Jeferson Tavares é um dos organizadores da festa contou que cada edição serve como integração dos produtores e moradores da região, “A festa é um incentivo ao comércio regional de melancia e as demais produções de agroextrativismo do Distrito de Nazaré e outros distritos do Baixo Madeira. Já vamos nos preparar para a próxima edição”, destacou.



    Escreva um comentário