porto velho - ro, 12 Setembro 2019 21:03:32
    Política

    Condenado a 5 anos de prisão, Maurão diz que crime está prescrito

    Condenado a 5 anos de prisão no esquema das passagens aéreas, Maurão de Carvalho diz que crimes estão prescritos

    A-A+

    Publicado: 25/07/2019 às 10h43min

    Ex-presidente da Assembleia anda às voltas com a justiça desde que deixou mandato de deputado

    A defesa do ex-deputado estadual Maurão de Carvalho (MDB) impetrou com petição no Tribunal de Justiça de Rondônia, alegando a prescrição da pretensão punitiva de crimes do esquema de distribuição de passagens aéreas na Assembleia Legislativa de Rondônia há cerca de 13 anos. Ele havia sido condenado em maio último a  5 anos e quatro meses de prisão.

    O Ministério Público impetrou com a ação em 24 de maio de 2007, mas a denúncia foi recebida (aceita) pelo Poder Judiciário somente em 2 de dezembro de 2013. O processo tramitou até ser julgado em maio último.

    Veja também

    Maurão de Carvalho pega 14 anos de prisão em regime fechado

    Maurão de Carvalho é o 5º ex-presidente da ALE condenado em RO

    Maurão de Carvalho tem pena aumentada à quase 18 anos de prisão

    Nas alegações para se livrar da cadeia, Maurão de Carvalho afirmou, através de advogados, que como foi condenado a 5 anos, a prescrição operou depois de 12 anos dos supostos crimes, cometidos entre 2003 e 2005. Segundo a denúncia, Maurão pegou 20, das 1.757 passagens distribuídas pela presidência da Assembleia naqueles anos. Maurão utilizou em passeios com a família.

    Os autos foram encaminhados para a Procuradoria Geral de Justiça para parecer sobre a alegada prescrição.

    Além dessa ação, Maurão de Carvalho também foi condenado a mais 11 anos de prisão pelo recebimento ilegal de dinheiro público.

    Fonte: Rondoniagora



    Escreva um comentário