Porto Velho/RO, 24 Dezembro 2019 08:21:11

    CarlosSperança

    coluna

    Publicado: 24/12/2019 às 08h21min

    A-A+

    Conferência do Clima libera R$ 1,5 bilhão para floresta amazônica

    Aguardando compromissos  Polarização, briga ideológica e caneladas fizeram o Brasil perder investimentos, assustaram turistas e..

    Aguardando compromissos 

    Polarização, briga ideológica e caneladas fizeram o Brasil perder investimentos, assustaram turistas e irritaram clientes no país e no mundo. Como os governadores da Amazônia Legal vêm comprovando, não é o negacionismo boquirroto, fake news, teorias da conspiração e a guerra antiglobalista – seja lá o que “globalismo” signifique – que abrirão o Brasil às contribuições em dólares ou euros para a proteção e desenvolvimento da Amazônia. A saída está em ações amigáveis.

    A Conferência do Clima das Nações Unidas (COP-25), que por justiça deveria ter sido realizada no Brasil mas acabou empurrada para Madri, realizou-se para reforçar o Acordo de Paris, de 2015. Focou o cumprimento de compromissos dos países para evitar catástrofes descontroladas advindas de um aquecimento global que ainda pode ser prevenido e refreado. 

    Nas deliberações finais da COP-25, Noruega, Alemanha e Grã-Bretanha anunciaram a disposição de gastar ao redor de R$ 1,5 bilhão nos próximos cinco anos para ajudar a Colômbia a reduzir o desmatamento em sua floresta amazônica.

    Espera-se que os governadores amazônicos consigam um compromisso similar ou até além disso, mas mesmo que consigam algo menos o esforço desenvolvido com ações amigáveis já os inscreve com mérito no topo da melhor história de seus estados. Suas ações terão boas consequências.

    …………………………………………… 

    Uma tendência

    O ano vai acabando e uma carrada de possíveis candidatos à prefeitura de Porto Velho vai ficando pelo caminho ou tentará virar vice de alguma candidatura de ponteira na eleição de 2020. São os casos de Kazan Roriz, Vanderlei Oriani, ex-deputado estadual Herminio Coelho, Edgar do Boi, Pastor Valadares, Lindomar Garçon, entre tantos outros nomes ventilados. E ainda existe a possibilidade da desistência de um nome de ponta, Leo Moraes.  

    Nomes firmes

    Os nomes aparentemente firmes para a peleja da capital e já catando vices e se preparando para as convenções municipais dos seus partidos são: 1-Hildon Chaves (PSDB) 2 – Mauro Nazif (PSB) 3- Vinicius Miguel (Ex-Novo), 4 – Pereirinha (Solidariedade) 5 – Vereadora Cristiane (PP) 6 – Pimenta de Rondônia (PSOL) 7 – Eyder Brasil (PSL). Alguns partidos só vão começar a definir seus nomes a partir de março, casos do PT, PDT, PTB, MDB e PRB. 

    Fora das paradas

    Consultados sobre eventual participação nas eleições de 2020 na capital, a maioria dos ex-prefeitos, casos de Sebastião Valadares, Tomas Correia, José Guedes, Carlinhos Camurça e Roberto Sobrinho não sinalizou qualquer vontade a respeito. Muitos já penduraram as chuteiras para a política, outros podem voltar em 2022 disputando cadeiras a Câmara dos Deputados.

    A reconstrução

    Sujo como pau de galinheiro com tantos envolvidos em falcatruas no País, em Rondônia o MDB já passa por um processo de reconstrução. O senador Confucio Moura, um dos unicos macacos velhos do partido que sobreviveu a hecatombe da sigla no pleito de 2018, que marcou o naufrágio do casal Raupp, já trabalha no reavivamento das forças emedebistas. Muita gente desconfiada que pretende voltar ao CPA, mas ele não confirma a especulação.

    Fenix rondoniense

    Limpo, ou sujo, o MDB já elegeu vários governadores, como Jerônimo Bengala, Raupp e Confucio duas vezes. Mesmo sofrendo grandes derrotas, o partido sobreviveu com alianças municipais e estaduais até voltar ao pódio. Em 2018, com Maurão de Carvalho não alcançou sequer o segundo turno no pleito estadual, mas já esta de cabeça erguida buscando novos alinhamentos para as eleições municipais do ano que vem.

    Via Direta

    *** O Grupo Gonçalves, por problemas ténicos acabou adiando a inauguração do seu Shopping na Zona Leste de Porto Velho*** Naquele centro de compras, na Avenida Amazonas, já funciona um baita supermercado da marca*** Seguem céleres as obras das torres do condomínio Vita Bela, na Avenida Mamoré, com preços módicos e com os apartamentos da primeira torre quase todos vendidos*** À maioria dos vereadores de Porto Velho disputa a reeleição, mas muitos com receio de levar pau*** O pessoal que caminha no Espaço Alternativo reclamando do perigo existente causado por tantos cães sem focinheira. O risco de incidentes é grande*** E a coluna deseja um Feliz Natal aos caros leitores do jornal impresso, aos internautas da rede de jornais eletronicos que nos prestigiam e a populaçao em geral*** Estaremos na torcida em 2020 por dias melhores.


    Deixe o seu comentário

    Arquivos de colunas