porto velho - ro, 22 Setembro 2019 02:17:58

    SilvioSantos

    coluna

    Publicado: 14/06/2019 às 16h02min | Atualizado 14/06/2019 às 16h03min

    A-A+

    Decreto nº 6.322 de 2007 alterou o estatuto do BNDS

    “Eu tenho vergonha de um sujeito desses ter sido presidente da República.” – General Augusto Heleno sobre o único..

    “Eu tenho vergonha de um sujeito desses ter sido presidente da República.” –General Augusto Heleno sobre o único ex-presidente do Brasil que se acha encarcerado.  

    1-Na lanterna

    O decreto nº 6.322 de 21 de dezembro de 2007, alterou o estatuto do BNDES e surge com dinheiro do povo, inclusive do FGTS e FAT, o financiamento de empresários e empresas escolhidos para serem os campeões nacionais. Tinha tudo para dar errado. Campeões não se formam com anabolizantes. Hoje o Brasil paga o preço e o “fazedor      de campeões” pode virar lanterna do campeonato de competitividade, pois o governo quer repassar R$ 18 bilhões ano para o PIS/PASEP para a previdência. “Tudinho”.

    2-Um pouco mais sobre isto

    Com quadro eminentemente técnico, o BNDES pode voltar às suas origens e ser uma alavanca para o desenvolvimento e braço do estado para fomentar a economia, mas é preciso que deixe de ser o centro financiador de ideologia utilize critérios para avaliar e incrementar projetos e manter-se distante das espúrias indicações políticas. Não será fácil a caminhada e o primeiro passo e abrir a caixa preta e jogar luz sobre os anos de erros, bandalheiras e benesses transferidas à “tchurma do mamãe eu quero mamar”.

    3-Dou-lhe uma…

    A Petrobras entregou hoje 90% da participação na TAG-Transportadora Associada de Gás ao consórcio formado pela Engie e fundo CDPQ por R$ 33,5 bilhões. A venda se deu após a revogação da liminar fruto da decisão do STF sobre venda de subsidiárias de empresas estatais ou mistas sem a autorização do Congresso. É a maior operação de venda de ativos da Petrobrás que continuará usando o serviço de transporte de gás natural prestado pela TAG, por meio dos contratos vigentes. Tutu na mão do capitão.   

    4-O humor do General

    “Isso é uma canalhice típica desse sujeito”. Com esta fala e mais uma série de outras o General Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional com os punhos cerrados respondeu às provocações feitas pelo famoso presidiário sobre a facada que levou o presidente Bolsonaro. O Redivivo teria dito: “Eu, sinceramente… Aquela facada tem uma coisa muito estranha, uma facada que não aparece sangue, que o cara é protegido pelos seguranças do Bolsonaro. A faca que não aparece em nenhum momento. Tem muita história estranha, suspeita”. O General pegou pesado.

    5- Brokeback Mountain

    Uma espécie de “revival” do filme Brokeback Mountain com previsível adaptação para o país do futebol, trocando-se “traia de pesca” por “mochila peladeira” tomou conta da capital. Usando estratégia semelhante ao filme, uma esposa buscou e supostamente localizou seu marido num evento LGBT com um suposto affair. Por se tratar de pessoa pública o boato viralizou e mais, após um deputado postar um vídeo “tirando o seu da reta”. O filme é de 2015, melhor que o “bafão”, mas tem gente que gosta de novidade.  .

    leoladeia@hotmail.com


    Escreva um comentário

    sobre Silvio Santos

    Jornalista. Atualmente é editor do caderno de Cultura do jornal Diário da Amazônia. É um apaixonado pela Cultura de Porto Velho. Mantém uma coluna diário no jornal Diário da Amazônia. Conhecido carinhosamente por Zé Katraka.

    Arquivos de colunas