porto velho - ro, 07 Novembro 2019 09:30:22
    Diário da Amazônia

    Diretores do Grupo Êxodo Recebem voto de louvor

    Durante Sessão Solene realizada na tarde de segunda-feira (10), o deputado Anderson Pereira (Pros) entregou Voto de Louvor aos fundadores..

    Por Silvio Santos
    A-A+

    Publicado: 11/06/2019 às 18h19min

    Durante Sessão Solene realizada na tarde de segunda-feira (10), o deputado Anderson Pereira (Pros) entregou Voto de Louvor aos fundadores e diretores do Grupo de Teatro Êxodo, em reconhecimento ao extraordinário trabalho cultural que desempenham em Porto Velho, há mais de 40 anos.

    O deputado Anderson destacou que o Êxodo é conhecido pela apresentação do espetáculo “O Homem de Nazaré”, que retrata passagens bíblicas da vida de Jesus Cristo, desde seu batismo até a sua ressurreição e atrai milhares de pessoas vindas de várias regiões para prestigiar evento sendo considerado um dos maiores espetáculos do Brasil.

    “Essa homenagem é muito importante, pois hoje está sendo direcionada ao grupo, mas ela é para toda cultura de Rondônia”.

    O padre e diretor espiritual do Grupo Êxodo, João Batista relatou estar honrado em participar de um momento tão importante para o grupo. “É um prazer imensurável fazer parte desse reconhecimento. Me sinto feliz e todos os dias rezo por todos os membros do grupo”, diz.

    O presidente da Funcultural, Antônio Ocampo apontou que a fundação está empenhada em ajudar na realização do espetáculo deste ano e que o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, colocou todas as secretarias para ajudarem também no que for de sua competência. “Nesse momento gostaria de parabenizar o empenho e dedicação do presidente do grupo, pois é graças a ele que esse espetáculo conseguiu atravessar décadas e agora retorna com todo vigor”, afirmou.

    O coordenador de turismo da Setur, Saulo Giordane, destacou que a superintendência reconhece a importância do grupo para a cultura de Rondônia. “Nesse período que o espetáculo ficou suspenso, a sociedade sentiu falta. Infelizmente, esse ano não temos orçamento para ajudar na divulgação do evento, mas nos próximos a Setur estará firme no apoio”, ressaltou.

    Segundo o gerente Regional da Caixa Econômica Federal, Íris Ronan da Silva, o grupo faz parte da essencial cultural de Rondônia. “Desde que cheguei aqui, ouço falar do “Homem de Nazaré”. A Caixa foi parceira desse espetáculo por 5 anos consecutivos e agora estamos tentando retomar essa parceria. Mas enquanto isso, com a força do grupo e o apoio político, não tenho dúvidas que o grupo retornará em grande estilo”, indagou Silva.

    Ao fazer uso da palavra o presidente do grupo Êxodo, José Monteiro agradeceu a Deus pela sua saúde, paciência e perseverança. “Para tocar esse grupo até hoje, precisei de uma paciência, mas hoje podemos ver com essa homenagem que nosso trabalho não foi em vão”, diz.

    Monteiro ressaltou que foram muitas adversidades ao longo desses anos de caminhada. “Agradeço a todos que de alguma forma fizeram parte da história do grupo. Estamos também felizes com o interesse da Caixa Econômica em retornar sua parceria conosco. Talvez não seja este ano, mas esse empenho já demostra a importância do grupo na cultura de Rondônia” justificou.

    O presidente do grupo pediu também o apoio de todos os participantes da sessão para a divulgação do espetáculo teatral “O Homem de Nazaré”, que será realizado nos dias 20, 21 e 22 de junho, às 17h30, na cidade cenográfica Jerusalém da Amazônia, localizada na BR-364 sentido Cuiabá.

    Uma das fundadoras do grupo, Almira Santos Lopes destacou as dificuldades do Êxodo aos longos dos anos. “Não foi fácil chegar aqui, desbravamos um território no meio da floresta Amazônica e hoje somos considerados o maior espetáculo de arena da região Norte. A homenagem prestada pelo deputado Anderson nos envaidece e nos dá força para buscar junto aos atores políticos do nosso Estado para a inclusão de políticas públicas culturais em seus planos de trabalho”, diz.

    Para o psicólogo e ator do grupo, essa homenagem é motivo de festa e louvor. “Hoje estamos em festas e gostaria de agradecer ao deputado Anderson e ao Monteiro por esse momento. É muito difícil fazer cultura em Rondônia, tanto que são poucos grupos que recebem uma honraria desta. Tivemos um longo caminho até aqui, mas ainda temos um longo percurso a percorrer”, destacou.

    Ao encerrar a sessão solene, o deputado Anderson Pereira afirmou que ajudará na divulgação do espetáculo e garantiu que continuará fazendo o que for necessário para garantir a valorização cultural de Rondônia.



    Deixe o seu comentário