porto velho - ro, 27 Novembro 2019 03:36:34
    Geral

    Doação de rins salva vida de estudante

    Gabriel de Paula Santos, 21 anos, e Evangelista José dos Reis, 54 anos, dividiram o sofrimento de depender de máquinas de hemodiálise..

    Por Assessoria
    A- A+

    Publicado: 06/08/2017 às 05h40min

    Gabriel de Paula Santos, 21 anos, e Evangelista José dos Reis, 54 anos, dividiram o sofrimento de depender de máquinas de hemodiálise para se manterem vivos. Hoje comemoram juntos o transplante de rins realizado recentemente com sucesso pela Central de Transplantes de Rondônia do Hospital de Base Ary Pinheiro, em Porto Velho.

    Evangelista descobriu o problema renal há seis anos quando fazia atividades típicas de um sitiante. ‘‘Passei mal e procurei o médico que me disse que se eu não fosse fazer hemodiálise no dia seguinte, estaria morto. Eu nem sabia o que era hemodiálise’’, conta ele que chama a máquina de hemodiálise de ‘salva-vidas’.

    Eram quatro horas, três vezes na semana, com cateter ligado a máquina que filtra o sangue, considerado um rim artificial. Nos braços, Evangelista mostra as marcas de anos de dependência desse procedimento. ‘‘É muito sofrido’’, relata.



    Deixe o seu comentário