porto velho - ro, 05 Janeiro 2019 08:02:22

Silvio Santos

coluna

Publicado: 05/01/2019 às 08h00min

A- A+

É bom que os carnavalescos de escola de samba fiquem atentos

Vamos começar, chamando a atenção do presidente da Federação das Escolas de Samba de Rondônia – Fesec compositor Reginaldo Cardoso..

Vamos começar, chamando a atenção do presidente da Federação das Escolas de Samba de Rondônia – Fesec compositor Reginaldo Cardoso o Makumbinha e do presidente da Fundação Cultural de Porto Velho Antônio Ocampo Fernandes para o seguinte:

**********

Ontem de manhã durante a posse dos secretários do governo de Marcos Rocha, batemos um papo com o Fabiano Barros que até aquele momento ainda estava presidente da Funcer e ele foi bem claro:

*********

Zé, avisa pros dirigentes da Fesec e da Funcultural que, caso a prefeitura de Porto Velho não envie Oficio solicitando a contratação por parte do governo estadual, da estrutura de arquibancada, camarote, iluminação e sonorização para a Passarela do Samba Edson Fróis onde as escolas de samba pretendem desfilar,  pelo menos até o próximo dia 08, não vai dar tempo de realizar a licitação.

********

Isso quer dizer, que os desfiles estão dependendo da compreensão do meu amigo Ocampo, no sentido de enviar para a Sejucel o Oficio solicitando a contratação da estrutura. “Cada dia que passa sem esse oficio, mais difícil fica a licitação em tempo hábil”, disse Fabiano.

********

É bom que os carnavalescos de escola de samba, fiquem atentos e cobrem da Funcultural o envio de tal ofício. Se a Lei exige que seja assim, que assim seja!

********

Dado o recado, vamos para os bastidores da posse dos secretários e superintendentes do governo de Rondônia, que ocorreu na manhã de ontem 04, no Teatro Palácio das Artes.

*********

Sem sombra de dúvidas, foi uma festa digna do feriado de 4 de janeiro. O teatro estava literalmente lotado. Deu mais gente que na posse do governador.

*********

Só teve uma coisa, que deixou a turma do segmento cultural de cabelo em pé.

*********

A jovem que estava atuando como Mestre de Cerimônia, ao convocar o Jobson Bandeira para assinar seu termo de posse, esqueceu de citar a palavra CULTURA. Disse ela: “Convocamos para assinar o termo de posse como Superintendente do Esporte, da Juventude e Lazer o senhor Jobson Bandeira dos Santos.

*********

A turma do segmento Cultura se entreolhou perguntando, será que não teremos mais, nem a Gerência de Cultura?

**********

Particularmente fui até uma integrante da equipe do Cerimonial e perguntei, se realmente, não constava a cultura no script da Cerimonialista e a consultada me mostrou a planilha e realmente não constava a palavra CULTURA.

***********

Mais tarde consultei o Diário Oficial do Estado e la consta que o Jobson Bandeira também assume a Cultura, aliás, a Sejucel continua sendo Superintendência de Esporte da Cultura, da Juventude e do Lazer. Foi só uma questão de digitação, ou terá sido falta de atenção?

**********

Outra coisa. Se algum evento tivesse sido programado para acontecer no Teatro Palácio das Artes ou no teatro Guaporé dificilmente aconteceria.

*********

Sabe por que? Porque todos os funcionários da Funcer foram exonerados e ninguém foi nomeado, seja para a Presidência da Funcer e nem mesmo o pessoal do administrativo, técnicos etc.

*********

Assim pode acontecer na Casa da Cultura e na Biblioteca Dr. José Pontes Pinto. A professora Nazaré tá pra ficar doida, com a falta da nomeação do Presidente da Funcer, pois, assim a sua querida biblioteca pode ficar muito tempo fechada, de novo.

********

A Casa da Cultura só não fecha porque existe o Augusto que é funcionário de carreira, Já o Museu da Memória também pode permanecer funcionando, porque o João Zoghbi e o Geraldo Cruz também são funcionários efetivo.

*********

Tem apenas um detalhe, o estado não vai parar, pela falta do funcionamento desses órgãos citados. Mais que é preocupante é.

**********

Um dos empossados que foi bastante aplaudido ao anunciarem seu nome, foi meu amigo Lenilson Guedes, o cara da Comunicação Oficial.


Escreva um comentário

sobre Silvio Santos

Jornalista. Atualmente é editor do caderno de Cultura do jornal Diário da Amazônia. É um apaixonado pela Cultura de Porto Velho. Mantém uma coluna diário no jornal Diário da Amazônia. Conhecido carinhosamente por Zé Katraka.

Arquivos de colunas