porto velho - ro, 07 Abril 2019 12:16:03
Geral

Ebola deixa 100 mortos em três semanas no Congo

Funcionários do ministério da Saúde em Butembo, leste da República Democrática do Congo, em 9 de março de 2019

Por AFP
A- A+

Publicado: 07/04/2019 às 12h15min

Se preferir, ouça a versão em áudio

Divulgação

A epidemia de ebola na região nordeste da República Democrática do Congo provocou 100 mortes em menos de três semanas e mais de 700 desde que foi declarada em agosto do ano passado, informa o balanço atualizado do ministério da Saúde.

“Desde o começo da epidemia, o número de casos chega a 1.117, dos quais 1.051 confirmados e 66 prováveis. No total aconteceram 702 falecimentos (636 confirmados e 66 prováveis) e 339 pessoas curadas”, afirma um comunicado divulgado pelo ministério.

O governo também investiga 295 casos suspeitos.

Esta é a 10ª epidemia de febre hemorrágica no país desde 1976 e a mais grave na história da doença desde a que matou mais de 10.000 pessoas na África ocidental (Guiné, Libéria, Serra Leoa) em 2014.

Pela primeira vez a população está vacinada em grande escala. Mais de 95.000 pessoas receberam uma dose de rVSV-Zebov dos laboratórios Merck, segundo ministério da Saúde. O governo afirma que a campanha salvou milhares de vidas.



Escreva um comentário