porto velho - ro, 17 Julho 2019 14:08:45
Geral

Empresário e comunicador Everton Leoni diz ter visto disco voador

O dia 24 de junho significa alguma coisa para você? Talvez, se você é católico ou mais ligado em uma das mais tradicionais festas..

Por Jocenir Santanna / Diário da Amazônia
A- A+

Publicado: 24/06/2019 às 16h52min | Atualizado 24/06/2019 às 17h44min

O dia 24 de junho significa alguma coisa para você? Talvez, se você é católico ou mais ligado em uma das mais tradicionais festas brasileiras, deve saber que hoje é comemorado o Dia de São João, data oficial das festas juninas por todo o país.

Porém, este dia guarda outra celebração, algo mais oculto e até mesmo um tanto tenebroso: o Dia Mundial do Disco Voador. Isso mesmo, todo dia 24 de junho marca a principal celebração do ano de um ufologista, nome dado a quem estuda a existência de UFOs, sigla em inglês para Unidentified Flying Object — ou, em bom português, OVNI: acrônimo de Objetos Voadores Não Identificados.

Muita gente relata ter tido contato visual com as espaçonaves que trariam alienígenas para a Terra. Estes veículos teriam o formato de um disco, daí o nome disco voador, mas nunca houve qualquer comprovação exata de que algo do tipo tenha sobrevoado o espaço aéreo de nosso planeta.

Um destes que alegam ter visto algo diferente no ar é o ex-deputado estadual, empresário e comunicador Everton Leoni. No programa Papo de Redação desta segunda-feira, 24, que foi ao ar pela Rádio Parecis FM, ao abordar o tema, Everton Leoni deu testemunho de que quando era pequeno na cidade de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, viu da rua onde morava, a presença de um objeto voador não identificado. Leoni diz lembrar de ter visto luzes em altura que não soube precisar, mas que não seria muito além do que um helicóptero pode sobrevoar. Ainda de acordo com Everton, eram luzes muito fortes, que ficavam paradas em determinado ponto e depois mudavam de posição em velocidade acima do normal.

O Empresário disse ainda que o evento foi tão visível, que se fossem nos dias de hoje ficaria provado, através de câmeras de celulares, que tratava-se de um fenômeno extraterrestre.

Everton fechou o comentário dizendo que desde então não viu mais nenhuma manifestação do tipo, mas que aquela imagem nunca lhe saiu da lembrança. Ainda de acordo com ele, a aparição foi notícia nos principais jornais do Rio Grande do Sul naquela época.



Escreva um comentário