Porto Velho/RO, 31 Agosto 2021 10:55:07
Saúde

Estudo confirma ineficácia da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19

A pesquisa descarta os benefícios clínicos do uso de hidroxicloroquina no tratamento ou prevenção do novo coronavírus SARS-CoV-2

A-A+

Publicado: 31/08/2021 às 10h00min | Atualizado 31/08/2021 às 10h01min

Foto: Ilustrativa

Um estudo, citado pela CNN Brasil, coordenado pelo professor doutor Paulo Ricardo Martins Filho, da Universidade Federal de Sergipe (UFS), apontou que a hidroxicloroquina é ineficaz no tratamento ou prevenção do novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19.

Segundo o artigo científico, divulgado no The Lancet, foram analisados 2.871 estudos ligados à utilização de hidroxicloroquina, publicados entre janeiro de 2020 e maio de 2021. Pesquisas essas que foram sujeitas a uma meta-análise (método que combina os resultados de vários estudos com o intuito de formular uma conclusão sólida) de 14 ensaios clínicos.

“A nossa meta-análise sintetiza a melhor evidência disponível sobre a eficácia e segurança da hidroxicloroquina na prevenção e tratamento de pacientes com Covid-19”, contou Martins à CNN.

“Os resultados desse estudo mostram que a hidroxicloroquina não é eficaz como profilaxia pré-exposição ou pós-exposição ao SARS-CoV-2, assim como não é eficaz no tratamento de indivíduos com Covid-19, seja entre aqueles com as formas mais leves da doença, seja entre aqueles hospitalizados com as formas mais severas da infeção”, explicou o investigador.

Adicionalmente, Martins mencionou que a pesquisa registou um aumento no risco de incidência de quadros adversos, como por exemplo problemas gastrointestinais. (Notícia ao Minuto)



Deixe o seu comentário