Porto Velho/RO, 25 Agosto 2020 16:31:13

Carlos Sperança

coluna

Publicado: 09/08/2020 às 06h00min

A- A+

Evidências da desistência de Hildon Chaves aquece a disputa em Porto Velho

Viagens a Marte O Brasil está repartido em versões criadas por seitas aguerridas, cada qual fechada em sua bolha intransponível,..

Viagens a Marte

O Brasil está repartido em versões criadas por seitas aguerridas, cada qual fechada em sua bolha intransponível, rejeitando qualquer reparo às suas verdades absolutas, sustentadas mesmo sem respaldo em fatos comprovados. 

Cerca de 600 servidores do Ibama endereçaram “manifestação técnica” aos presidentes do Instituto, Eduardo Bim, e do Conselho da Amazônia, o vice-presidente Hamilton Mourão. No texto, alertam que o desmatamento consolidado na Amazônia aumentou 28% entre agosto de 2019 e julho de 2020, em comparação com o mesmo período em 2018-2019. 

A Associação Nacional de Servidores da Carreira de Especialista de Meio Ambiente (Ascema) não precisaria tomar essa atitude se não houvesse uma guerra de versões contraditórias quanto a desmatamento e queimadas.

Há uma batalha entre os negacionistas, que à moda das avestruzes escondem a cabeça no buraco para não ver o que acontece, e os catastrofistas, que dão o desmatamento na Amazônia como sem volta, com o que o mundo estaria condenado à destruição final. Essa versão tem muitos adeptos, a julgar por tantas missões a Marte que partem da Terra em busca de lugares propícios à vida. Se houvesse um diálogo respeitoso e decente, barulhentos “manifestos técnicos” não seriam tão necessários. Talvez nem tantas e tão caras viagens espaciais.

……………………………………………….

As evidências

Em vista das claras evidências dando conta da desistência do projeto de reeleição do prefeito Hildon Chaves (PSDB) em Porto Velho multiplicam-se as postulações nos últimos dias. Como conciliar os interesses dos aliados que pretendiam a vice de Hildon, como Lindomar Garçon (Republicanos), Breno Mendes (Avante),  vereadora Cristiane (PP), Tesari (PSD), entre outros pretendentes será complicado. Todos já estão em campo para a peleja de 15 de novembro já como candidatos a prefeito, sem contar o vereador tucano Alan Queiroz.

Novo ranking

Com a divulgação do eleitorado  pelo TSE nos municípios brasileiros   apto a votar nas eleições deste ano, temos um novo ranking dos eleitores em Rondônia. Vejam as primeiras posições, num cenário em que Cacoal passou a perna em Vilhena. Vejam os números 1-Porto Velho com 333.031 eleitores;  2-Ji-Paraná com 88.732; 3-Ariquemes: 66.872;  4-Cacoal 63.483; 5 –Vilhena 61.182;  6 –Jaru 42.758; 7- Rolim de Moura 39.338 eleitores. O crescimento do eleitorado desde a eleição de 2018 foi mínimo na capital, menos de 20 mil eleitores.

Pau a pau

Na região amazônica, a grande metrópole Manaus, capital do Amazonas, mantém a primeira colocação no ranking do número de eleitores, seguida da capital do Pará, Belém. A disputa pela terceira colocação no Amazônia no Norte está entre nossa amada Porto Velho com 333.031 eleitores, contra o município de Ananindeua, situado na região metropolitana de Belém, com 330.014 eleitores. Ananindeua está para Belém, como Candeias do Jamari para Porto Velho, para se entender melhor este cenário.

Uma avalanche

Com o prefeito tucano da capital já dando a pista que está fora da eleição e outros dois nomes considerados protagonistas como Leo Moraes (Podemos) e Mauro Nazif (PSB) hesitantes, temos uma avalanche de candidatos, o que poderá aumentar ainda mais, porque sem eles, todo mundo é considerado “japonês” na linguagem coloquial. Mesmo porque Porto Velho é o maior produtor de zebras do País, onde sempre se fala “que os últimos serão os primeiros” de tantas surpresas eleitorais. E para 15 de novembro já tem zebras soltas trotando do JK ao Areal.

Reunião pedetista

A chapa de candidatos a vereança do PDT esteve reunida ontem com o candidato a prefeito do partido em Porto Velho, o presidente do diretório municipal Ruy Mota, traçando as diretrizes da campanha. Com o cenário mais definido, mesmo com a pandemia, todo mundo vai a luta na busca da conquista do Palácio Tancredo Neves, agora  funcionando no Prédio do Relógio e das 21 cadeiras da Câmara de Vereadores. A militância já entrou em ação levando o nome de Ruy Mota para a disputa da municipalidade.

Via Direta

*** O PSL pode inovar e lançar a advogada e carnavalesca Ciça do Manoelão a prefeitura de Porto Velho, substituindo o  deputado estadual Eyder Brasil, seu esposo, que não quer deixar a Assembleia Legislativa *** Seriam duas candidatas, já que a vereadora Cristiane já está nas paradas *** E será que as previsões de um vidente capixaba, dando conta  de que uma mulher será eleita prefeita da capital rondoniense neste ano, despertou o apetite das mulheres para a política? *** Sem o prefeito Hildon Chaves para meter o sarrafo a oposição  vai se devorar entre sí *** Neste cenário, se Leo Moraes for candidato, ainda mais na condição de favorito, o bicho vai pegar. *** É rotineiro nos pleitos: taca-lhe o pau, cacete, pedradas e bordoadas no favorito. É a herança da desistência de Hildon Chaves está deixando para Leo Moraes. E coisa de louco! 


Deixe o seu comentário

sobre Carlos Sperança

Um dos maiores colunistas político do Estado de Rondônia. Foi presidente do Sinjor. Foi assessor de comunicação do governador José Bianco entre outros. Mantém uma coluna diária no jornal Diário da Amazônia.

Arquivos de colunas