Porto Velho/RO, 11 Dezembro 2019 15:45:38
    Plantão de Polícia

    Ex-governador do Espírito Santo é assassinado em Vitória

    Ex-governador foi morto a tiro na capital na tarde desta quarta-feira (26)

    A-A+

    Publicado: 27/12/2018 às 10h17min

    O ex-governador do Espírito Santo e ex-senador pelo estado por três mandatos, Gerson Camata, de 77 anos, foi assassinado na tarde desta quarta-feira (26/12), na Praia do Canto, em Vitória. O crime ocorreu em frente a um bar de grande movimento da região. Camata teria sido morto com um tiro no pescoço. O suspeito fugiu do local, mas a Polícia Militar o deteve. O homem que assassinou o ex-governador era seu antigo assessor, em depoimento ao departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o acusado confessou que a motivação do homicídio foi por conta de uma ação judicial movida contra ele por Camata, que resultou no bloqueio de R$ 60 mil de sua conta bancária.

    Foto divulgação

    De acordo com o Secretário Estadual de Segurança Pública, Nylton Rodrigues, na tarde de hoje, o assessor foi tirar satisfação ao encontrar Gerson Camata na rua, próximo a uma banca de revista e a uma padaria. Neste encontro, iniciou uma discussão verbal, onde o assessor sacou a arma e efetuou o disparo contra o ex-governador”, explica Rodrigues. Ao ser atingido, na altura do pescoço, Camata morreu na hora.

    O emedebista morava na Ilha do Frade, em Vitória, mas costumava ir à Praia do Canto, também na capital. O sobrinho de Camata acredita que ele estava sozinho na hora do assassinato.

    Viaturas da Polícia Militar e uma ambulância do Samu foram até o local e acompanham a ocorrência. Ainda não há informações sobre quem teria efetuado o disparo ou as razões do crime. Informações sobre o homicídio podem ser dadas anonimamente pelo número 181.

    Perfil
    Gerson Camata, irmão do radialista Valdemar Camata, exerceu mandato como senador por 24 anos, de 1987 até 2011. Ele ainda foi vereador de Vitória, deputado estadual e deputado federal.

    Começou a vida profissional como jornalista e apresentador no programa Ronda Da Cidade, na Rádio Cidade de Vitória. Era formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

    O ex-governador do Espírito Santo e ex-senador pelo estado por três mandatos, Gerson Camata, de 77 anos, foi assassinado na tarde desta quarta-feira (26/12), na Praia do Canto, em Vitória. O crime ocorreu em frente a um bar de grande movimento da região. Camata teria sido morto com um tiro no pescoço. O suspeito fugiu do local, mas a Polícia Militar o deteve. O homem que assassinou o ex-governador era seu antigo assessor, em depoimento ao departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o acusado confessou que a motivação do homicídio foi por conta de uma ação judicial movida contra ele por Camata, que resultou no bloqueio de R$ 60 mil de sua conta bancária.

    Foto divulgação

    De acordo com o Secretário Estadual de Segurança Pública, Nylton Rodrigues, na tarde de hoje, o assessor foi tirar satisfação ao encontrar Gerson Camata na rua, próximo a uma banca de revista e a uma padaria. Neste encontro, iniciou uma discussão verbal, onde o assessor sacou a arma e efetuou o disparo contra o ex-governador”, explica Rodrigues. Ao ser atingido, na altura do pescoço, Camata morreu na hora.

    O emedebista morava na Ilha do Frade, em Vitória, mas costumava ir à Praia do Canto, também na capital. O sobrinho de Camata acredita que ele estava sozinho na hora do assassinato.

    Viaturas da Polícia Militar e uma ambulância do Samu foram até o local e acompanham a ocorrência. Ainda não há informações sobre quem teria efetuado o disparo ou as razões do crime. Informações sobre o homicídio podem ser dadas anonimamente pelo número 181.

    Perfil
    Gerson Camata, irmão do radialista Valdemar Camata, exerceu mandato como senador por 24 anos, de 1987 até 2011. Ele ainda foi vereador de Vitória, deputado estadual e deputado federal.

    Começou a vida profissional como jornalista e apresentador no programa Ronda Da Cidade, na Rádio Cidade de Vitória. Era formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).



    Deixe o seu comentário



    Mais sobre Plantão de Polícia