Porto Velho/RO, 16 Janeiro 2020 09:19:47

    SolanoFerreira

    coluna

    Publicado: 16/01/2020 às 09h19min

    A-A+

    Excelência da escola pública é possível e tem modelo em RO

    A proposta do governo estadual de investir R$ 3 milhões em um Programa de Excelência na rede pública de educação pode ser um marco..

    A proposta do governo estadual de investir R$ 3 milhões em um Programa de Excelência na rede pública de educação pode ser um marco para a atual gestão. O recurso será para financiar projetos pedagógicos nas escolas estaduais que aderirem ao programa. O que se espera é que os conhecimentos saiam do limite das aulas expositivas e possam tornar mais atrativos aos alunos e professores, com projetos inovadores e novas práticas educacionais.

    O secretário de Estado da Educação, professor Suamy Vivecananda, é um grande idealizador de boas ideias. Ele foi diretor da Escola Estadual João Bento da Costa, na zona Sul de Porto Velho, onde até hoje, tem um projeto muito interessante de incentivo ao progresso dos estudantes. O terceirão reforçado, com métodos diferenciados do que é costumeiro na rede pública, serviu de inspiração para muitas outras escolas na capital e interior do Estado. Com grande índice de aprovação em vestibulares, ser estudante do João Bento tornou status para a meninada que busca uma carreira profissional, com qualificação superior.

    Agora na Seduc, o ex-diretor continua criando. Tem uma ação que também iniciou no João Bento e vem sendo experimentada nos municípios, que visa motivar e orientar os estudantes na escolha de carreiras. É uma espécie de atendimento pessoalizado que ajuda os adolescentes na escolha de um curso superior e os motiva a intensificar os estudos. Para a missão, foi designado um professor que também atuou na equipe do João Bento.

    Novas ideias e novos projetos para a rede estadual de ensino são necessários e urgentes. Precisa sair da mesmice e prospectar ações práticas e motivadoras para dar bom ânimo aos alunos e professores. É preciso encontrar alternativas para que a escola seja de fato ambiente de saberes.


    Deixe o seu comentário

    sobre Solano Ferreira

    Editor-Chefe do Diário da Amazônia. Comunicador Social e Marketing/ Mestre em Geografia. Atua na Gestão Estratégica e Gerenciamento de Crise.

    Arquivos de colunas