Porto Velho/RO, 08 Janeiro 2020 08:49:22

    SolanoFerreira

    coluna

    Publicado: 08/01/2020 às 08h49min

    A-A+

    Exportações de alimentos geraram grandes negócios

    As notícias são boas para o setor produtivo rural. O balanço divulgado pelo Ministério da Agricultura mostra que somente no segundo..

    As notícias são boas para o setor produtivo rural. O balanço divulgado pelo Ministério da Agricultura mostra que somente no segundo semestre do ano passado, o Plano Safra investiu cerca de R$ 108 bilhões em empréstimos. Os grandes produtores rurais tiveram mais dinheiro para capitalizar seus negócios, o que rendeu muitas exportações para o país. O dinheiro foi aplicado em investimentos, custeio e industrialização. O volume apresentou crescimento de 5% no ano que passou.

    Um dos reflexos foi o volume de exportação de soja. No complexo portuário de Paranaguá aumentou 2,4% acima do recorde anterior. O maior comprador foi a China que levou 89% do volume exportado. Também foi o oriente que mais comprou milho do Brasil, com enormes volumes enviados para o Irã (42%), Japão (29,7%) e Coreia do Sul (7,1%).

    A China foi um grande comprador da produção brasileira. Além de soja, o país extrapolou as compras de carne bovina, o que gerou imediato aumento no preço interno. Juntando o que os chineses e outros países compraram da nossa carne, os volumes embarcados alcançaram 1,847 milhão de toneladas e a receita US$ 7,59 bilhões. Os números representam um crescimento de 12,4% e 15,5%, respectivamente, em relação a 2018, superando as projeções realizadas, conforme estimativas de Paranaguá. As projeções para 2020 também são boas e o setor está otimista.

    Para os produtores da região Norte brasileira, a boa notícia é que, as linhas de créditos do FNO têm disponível R$ 10 bilhões, e grande parte desse dinheiro vai para a produção e industrialização. Como Rondônia é um estado promissor em produção agrícola e agroindústrias, os investidores locais estão de sorrisos largos esperando colher boas safras neste ano.


    Deixe o seu comentário

    sobre Solano Ferreira

    Editor-Chefe do Diário da Amazônia. Comunicador Social e Marketing/ Mestre em Geografia. Atua na Gestão Estratégica e Gerenciamento de Crise.

    Arquivos de colunas