porto velho - ro, 20 Agosto 2019 18:56:53

José Luiz

coluna

Publicado: 26/08/2018 às 06h00min

A- A+

Exportar é o melhor caminho para o agronegócio   

Rondônia tem vocação para o desenvolvimento do agronegócio, cujo melhor caminho é exportar aproveitando todo o seu potencial produtivo..

Rondônia tem vocação para o desenvolvimento do agronegócio, cujo melhor caminho é exportar aproveitando todo o seu potencial produtivo e modernizando o sistema de transporte fluvial pelo rio Madeira para alcançar os principais mercados mundiais consumidores da carne, da soja e do milho produzidos aqui e noroeste de Mato Grosso. Ainda temos os países Andinos com mais de 180 milhões de consumidores.

O governador Daniel Pereira (PSB) os empresários,  Adélio Barofaldi, Dario Lopes e representantes da Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero),  vem se desdobrando para abrir espaços aos produtos rondonienses junto aos mercados peruano e boliviano. Tendo como ponto de partida o Porto Alfandegado na capital, Porto Velho, os planos do chefe do Executivo, é levar mais longe a marca do que se produz no campo em Rondônia.   

E não é só produtos como carne, soja e milho que podem atravessar o território rondoniense pela BR 364 rumo ao exterior, mas o algodão, o girassol, culturas que começam a conquistar espaços no Cone Sul do Estado, assim como a madeira plantada em áreas de reflorestamentos e minérios, como nióbio e estanho que existem em abundância no estado de Rondônia. O mercado internacional está de portas abertas para esses e produtos que podem perfeitamente passar pelo Porto Alfandegado de Rondônia.

Não é uma tarefa das mais simples quebrar os paradigmas burocráticos criados pelo sistema de fiscalização da Receita Federal, que às vezes demora até quinze dias para liberar uma carga de açúcar para o Peru, ou container de Teca para os Estados Unidos e Canadá. Os empresários do setor conhecem bem essas dificuldades, pois trabalham com uma realidade que podem até perder contratos de exportação, além de outros prejuízos e multas.

De qualquer maneira, a iniciativa do governador Daniel Pereira de buscar mercados externos para os produtos de Rondônia e região é louvável, principalmente tendo em vista a ampliação do sistema alfandegado no Porto da capital, que naturalmente deixará de ser uma promessa para se tornar realidade com benefícios para empresários, produtores rurais e exportadores, visando à geração de emprego e renda.


Escreva um comentário

sobre José Luiz Alves

José Luiz Alves, é jornalista. Apresenta aos sábados das 6h às 8h na Rede Tv Rondônia! o programa Campo e Lavoura, com informações ao homem do campo e produtores rurais, em cadeia com seis emissoras de rádios para todo o Estado de Rondônia.

Arquivos de colunas