porto velho - ro, 23 Maio 2019 23:49:06
Cidades

Feira de negócios do Vale do Jamari quer atrair 40 mil visitantes

Organizadores esperam receber mais de 40 mil visitantes entre os dias 2 e 5 de

Por Assessoria
A- A+

Publicado: 25/04/2019 às 15h57min | Atualizado 25/04/2019 às 15h58min

Se preferir, ouça a versão em áudio

O canteiro central da avenida Capitão Silvio em Ariquemes já começou a ser transformado no Parque Tambaqui para receber a terceira edição da EXPOVALE – Exposição de Piscicultura e Agronegócio do Vale do Jamari. Os organizadores esperam receber mais de 40 mil visitantes entre os dias 2 e 5 de maio.

A exposição oferece um mix de atrações aos visitantes, que podem comprar produtos das agroindústrias, artesanatos, produtos de lojas da cidade até veículos utilitários ou insumos e implementos agrícolas.

A organização do evento fica sob a responsabilidade da Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (ACIA) e Associação dos Criadores de Peixes de Rondônia (ACRIPAR). O presidente das duas associações, Francisco Hidalgo Farina, destaca que o evento já está consolidado e oportuniza a realização de bons negócios. “Além dos negócios diretos que fazemos na Expovale, temos uma intensa movimentação financeira em toda a cidade, que acaba recebendo mais visitantes”, destaca.

Na edição de 2019, a Expovale conta com a parceria da Superintendência de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (SEDI), Prefeitura de Ariquemes e suas secretarias, Sebrae , CrediSIS Crediari e o apoio do Governo do Estado através de suas secretarias.

🐟 CHURRASCO DE TAMBAQUI
No domingo, dia 5, último dia do evento, em parceria com o Lions Club Ariquemes Canaã, um enorme churrasco de tambaqui será realizado. Os organizadores vão assar 3 mil bandas da espécie Tambaqui (peixe cortado ao meio e sem as espinhas).

Para atestar que esse é o maior churrasco de peixe do país, auditores da do instituto RankBrasil, empresa que confirma recordes brasileiros, vão estar no evento. “Vamos atender a todas as exigências e vamos colocar Ariquemes no livro dos recordes brasileiros, nosso próximo desafio é confirmar o recorde internacionalmente”, finaliza Francisco Hidalgo Farina.



Escreva um comentário