porto velho - ro, 14 Outubro 2018 10:53:10
Política

Filho de ministro do TCU é alvo de operação da Polícia Federal

Tiago Cedraz, filho do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Aroldo Cedraz, é alvo da Polícia Federal na 4ª fase da Operação..

A- A+

Publicado: 19/09/2018 às 15h40min

Se preferir, ouça a versão em áudio

Tiago Cedraz, filho do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Aroldo Cedraz, é alvo da Polícia Federal na 4ª fase da Operação Registro Espúrio, que investiga fraude em registros sindicais junto ao Ministério do Trabalho.

Nessa fase, autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a Polícia Federal mira especificamente supostos desvios de valores da Conta Especial Emprego e Salário (CEES).

De acordo com as investigações, uma organização criminosa buscava entidades interessadas em obter, de forma fraudulenta, restituições de contribuições sindicais recolhidas indevidamente da CEES. Os valores eram então transferidos para as contas das entidades e repasses de um percentual eram feitos para servidores públicos e advogados integrantes do esquema.

O apartamento e o escritório do advogado foram alvos de busca e apreensão. O sócio dele, Bruno Galeano, foi preso temporariamente. Tiago Cedraz está envolvido em várias investigações de corrupção. Em agosto do ano passado, por exemplo, ele foi alvo da 45ª fase da Lava Jato, quando o juiz federal Sérgio Moro ordenou o bloqueio de R$ 6 milhões de suas contas.

Na ação de ontem, a Polícia Federal cumpriu 16 mandados de busca e apreensão e nove de prisão temporária em Brasília, Goiânia (GO), Anápolis (GO), São Paulo e Londrina (PR). Os investigados podem responder pelos crimes de peculato, corrupção passiva e ativa, falsificação de documento público e lavagem de dinheiro.



Escreva um comentário